Ceclin
dez 14, 2009 4 Comentários


Descaso X Luta

O governo, mais uma vez, enfatiza uma realidade nas propagandas, que não faz parte do ambiente escolar. Nem precisa andar muito para constatar os problemas. Basta ir a uma escola próxima de sua residência. As reclamações são constantes: verbas mal aplicadas, problemas na infraestrutura que comprometem a saúde do trabalhador em educação e até do aluno, bem como os baixos salários.

Na Escola Monsenhor Francisco Sales, uma professora levou um choque num computador enquanto trabalhava no dia 22 de outubro. O caso foi encaminhado para a Gerência Regional de ensino (GRE) e até hoje não foi tomada nenhuma providência para sequer, colocar um fio terra no equipamento.

No projeto escola aberta, os contratados estão desde agosto sem receber os salários.
Tendo como objetivo abrir às portas para a comunidade, abrir horizontes e barrar a violência, o projeto volta-se contra ele mesmo, quando deixa os profissionais sem o dinheiro no fim do mês para fazer frente às despesas, tais como o pagamento de conta, feira etc. O governo revela uma farsa perversa, desumana, despreocupada e descomprometida com uma questão social básica: o pagamento em dia de salários.

O Sintepe cobra que providências sejam, tomadas. O governo do Estado precisa enxergar a real necessidade da educação como um todo e reconhecer que os trabalhadores em educação com licenciatura plena recebem em Pernambuco o pior salário do Brasil.

Atento às dificuldades enfrentadas pela escola pública, o Sintepe realizou nos dias 11 e 12, o Conselho Estadual de Representantes, em Itamaracá. Estiveram presentes mais de 200 trabalhadores, entre eles, diretores do sindicato, representantes setoriais, coordenadores de núcleos regionais e municipais e delegados de base.
O evento discutiu cenários e estabeleceu diretrizes para a continuidade da luta, em 2010, na defesa da escola pública de qualidade para todos e que passa, necessariamente, pela valorização profissional dos trabalhadores em educação, entenda-se Plano de Carreiras, Piso Salarial e Formação Continuada.

Visite o nosso site:

www.sintepe.org.br/