Ceclin
out 05, 2009 1 Comentário


Deputado Paulo Rubem debate o SUS em Vitória

Gestão e Financiamento do SUS. Controle Social com participação. Intervenção na elaboração, execução e avaliação do orçamento municipal para a saúde pública. Esses foram alguns dos temas debatidos na manhã desse sábado (03) em Vitória de Santo Antão.

O encontro articulado com a assessoria do deputado, pelo Michelson, Vice-Presidente do Conselho Municipal de Saúde e foi realizado nas dependências da FACOL.
Com a participação expressiva de representantes do Conselho Municipal de Saúde, do Conselho de Assistência Social, de entidades civis, como a Casa da Criança, de membros de comunidades rurais como Natuba, Chã de Serraria, Pacas, do Blog A Voz da Vitória e do Secretário Executivo de Saúde de Vitória, Dr. Francisco Júnior, foi exposto pelo deputado, os mecanismos hoje existentes para que a sociedade faça avançar o SUS.

“Destacamos a necessidade de ser assegurada a ampla participação popular na elaboração dos Planos Plurianuais, das Leis das Diretrizes Orçamentárias e das Leis Orçamentárias Anuais, com audiências públicas convocadas pela Câmara Municipal, mediante uma rigorosa e transparente avaliação das metas definidas para a saúde pública. Sinalizamos também a importância da atuação dos Conselheiros Municipais de Saúde de mãos dadas com os demais Conselhos, como o da Assistência Social, da Criança e do Adolescente, da Educação e demais políticas, assegurando-se o conceito de ação integral para a promoção da saúde.
Apresentamos ainda os dados do SUS em território nacional, revelando as disparidades verificadas nas condições de atenção à saúde entre as regiões ricas e pobres da nação ressaltando o perfil da saúde brasileira, combinando situações de elevada precariedade com indicadores de países já mais desenvolvidos, como as doenças crônico-degenerativas, o câncer e os traumas derivados da violência urbana”, disse o deputado Federal Paulo Rubem (PDT-PE).
Durante o evento foram realizadas várias intervenções pelos participantes e provocados inúmeros debates entre os mesmos, com divergências e convergências sendo destacadas em cada uma das falas.
Foi consenso entre os participantes que deve haver mais investimento na formação e capacitação dos Conselheiros Municipais, mais transparência na prestação de contas dos gastos em saúde e o fortalecimento das instâncias representativas e deliberativas da sociedade, como as Conferências Municipais.

Por Gilberto Júnior,
Com Informações da Assessoria do Deputado.


CHEGOU A HORA DE ANUNCIAR SUA MARCA CONOSCO.
COMBINE: 81.8827.5780.