• Ceclin
mai 07, 2018 0 Comentário


Deputada Socorro Pimentel cobra recuperação de rodoviárias pernambucanas

PROBLEMAS – Sujeira, falta de funcionários e de segurança, depredações, estruturas com infiltrações e sistemas elétricos e hidráulicos comprometidos foram apontados pela parlamentar. Foto: Roberto Soares

PROBLEMAS – Sujeira, falta de funcionários e de segurança, depredações, estruturas com infiltrações e sistemas elétricos e hidráulicos comprometidos foram apontados pela parlamentar. Foto: Roberto Soares

A deputada Socorro Pimentel (PTB) fez, nesta segunda-feira (07/5), um apelo ao Governo do Estado para que adote medidas efetivas para a recuperação dos terminais rodoviários de Pernambuco, ou estabeleça parcerias a fim de que os municípios possam administrá-los. A parlamentar ressaltou que a empresa Socicam, contratada pela Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI), devolveu ao Estado as rodoviárias de Gravatá, Salgueiro, Limoeiro, Araripina, Palmares e Petrolândia.

Na avaliação da deputada, depois da devolução dos seis prédios à Secretaria das Cidades, pouco tem sido feito para mantê-los com condições mínimas de funcionamento. Pimentel destacou problemas como sujeira, falta de funcionários e de segurança, depredações, banheiros imprestáveis, estruturas com infiltrações e sistemas elétricos e hidráulicos comprometidos.

“Mesmo havendo interesse de alguns municípios em assumir a administração dos terminais rodoviários, ainda assim o Governo do Estado insiste em permanecer com as rodoviárias, sem fazer investimento algum. Em alguns casos, isso acontece por mera retaliação ao gestor do município”, frisou.

Para Socorro Pimentel, a EPTI não vem zelando pelo patrimônio público. A deputada informou que nos terminais administrados pela Socicam (Caruaru, Arcoverde, Petrolina, Serra Talhada, Garanhuns e Recife), desde novembro de 2017 as passagens de ônibus ficaram, em média, 7,85% mais caras. Por fim, a deputada reivindicou a construção de uma rodoviária em Trindade, no Sertão do Araripe.