Ceclin
out 03, 2008 4 Comentários


Democracia, eu quero uma pra viver!

O que realmente é a democracia? Será o direito magno de liberdade de escolha? Ou o verdadeiro exercício da liberdade adquirida à ferro e fogo por nossos ancestrais, ao longo de mais de 500 anos de construção histórica?
Então, para milhares de brasileiros e principalmente os habitantes da pitoresca Vitória de Santo Antão, seria a liberdade de escolha, a liberdade de pensamento e principalmente de decidir seu próprio destino!
Seu caminho moral, político e intelectual.
O incidente o qual fui incumbido de comentar nesta semana é trágico, triste e vergonhoso, além de ser um péssimo exemplo para futuras gerações de políticos, ainda mais em se tratando de dois deputados pernambucanos que representam Vitória na Assembléia Legislativa e detém a autoridade de grande parte do eleitorado local.
O caso já é caso passado, não devemos nos apegar a ele e nem aos termos em que apregoam os grupos rivais caracterizados por cores. Ainda mais agora no fervor dos últimos dias deste que seria um verdadeiro Show de democracia.
Fica realmente uma lembrança amarga, triste e que trouxe feridas que se não tratadas poderão virar azedumes de um passado próximo. Porém, o que realmente pode ser ainda entristecedor é percebermos o real sentimento da população que acredita que este triste episódio de troca de tapas entre parlamentares não vai dar em nada.

Ou seja, 41% consideram que tudo vai ficar por isso mesmo. E é essa descrença na Lei que faz com que a situação política do Brasil dê um passo atrás, fatalmente trazendo frutos cada vez mais azedos e pouco proveitosos.
Há ainda os que defenderam (32%) na Enquete deste Blog que o Dep. Aglaílson Júnior (PSB) perdesse o mandato parlamentar; já 19% defenderam a perda do mandato do Dep. Henrique Queiroz (PR). Os 7% dos votantes restantes opinaram que os dois parlamentares deveriam perder os seus mandatos.
Assim sendo fica aqui meu voto de pesar por este fato lamentavelmente ocorrido, que vai ficar registrado por gerações. Fato que não contribui para o enriquecimento do debate político e que só ajuda a reforçar o grau de empobrecimento do embate eleitoral, onde no final quem perde é a população.
Pois liberdade é o direito de todos os seres conscientes e racionais, e a liberdade de escolha também!

Por Vandson Cássio,
Editor do Blog.