Ceclin
abr 25, 2011 0 Comentário


Defensoria Pública faz mutirão em Moreno

A partir de hoje, o município de Moreno, na Região Metropolitana do Recife, recebe o projeto Defesa: Um direito de todos, da Defensoria Pública de Pernambuco. O objetivo é dar andamento aos processos criminais da cidade.

Um esquema de plantão dos defensores será montado durante três semanas. O próximo município beneficiado pelo mutirão será o Cabo de Santo Agostinho.

Em Moreno, segundo o juiz titular da comarca, José de Anchieta, cerca de 80% dos processos estão sob responsabilidade da Defensoria Pública. “Aqui temos igualmente ações da área cível e da criminal, sendo que esta (criminal) vem aumentando recentemente. O denominador comum é a presença da Defensoria Pública que cuida de 80% dos processos de Moreno. Nossas condições são precárias, mas conseguimos realizar nosso trabalho porque somos parceiros, o Judiciário, o Ministério Público e a Defensoria Pública.”
Criado há dois meses, o projeto já passou por Recife e Olinda. Segundo a subdefensora Cível e Criminal da Região Metropolitana, Lúcia Autran, cada comarca tem suas especificidades. “Enquanto no Recife, 2.400 pessoas apareceram para pedir informações ou dar entrada em ações, em Olinda demos andamento em processos de todas as varas e áreas, zerando a pauta. Nas duas cidades, foi necessário estabelecer um plantão para que os processos não se acumulem mais”, destacou. “Em Moreno, acredito que haverá mais trabalho na área criminal, enquanto no Cabo a demanda será mais variada.”

(Jornal do Commercio).