Ceclin
abr 21, 2008 0 Comentário


Declaração do IR vai até dia 30

O contribuinte pessoa física que ainda não prestou contas ao Fisco só tem o próximo fim de semana para aproveitar para reunir todas as informações e enviar a declaração de ajuste anual de 2008, ano-base 2007. O prazo final de entrega é o dia 30 de abril – quarta-feira da semana que vem –, até as 20h, pela internet. Quem entregar por disquete em agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal ou formulário nas agências dos Correios deverá observar o horário normal de fechamento das instituições. Até sexta-feira passada, às 10h, a Receita havia recebido 10.844.582 de declarações, 44,3% do total esperado de 24,5 milhões.
O supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, alerta os contribuintes para que não deixem a entrega para a última hora. Apesar de o sistema ter a capacidade de receber 3 milhões de documentos por dia, o contribuinte pode enfrentar problemas de congestionamento decorrente da quantidade de pessoas tentando acessar o mesmo endereço.
A Receita lembra, também, que no período da 1h às 5h, o sistema de transmissão da declaração fica fora do ar para manutenção diária. Mas o programa de preenchimento e envio da declaração pode ser baixado a qualquer hora. Quem não declarar no prazo ficará sujeito à multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido no momento da entrega com atraso.
Tributaristas orientam o contribuinte que não conseguir juntar os dados necessários a enviar uma declaração incompleta dentro do prazo e, depois, entregar uma retificadora. Também no dia 30 vence o prazo de pagamento da cota única ou da primeira cota do imposto a pagar. O pagamento da cota única deve ser feito por meio de DARF na rede bancária, assim como o da primeira cota pelo contribuinte que optar pelo parcelamento.
A partir da segunda cota, o pagamento pode ser feito por meio de débito automático, desde que o contribuinte faça a opção e informe os dados da conta corrente na declaração. O contribuinte que já entregou a declaração deste ano, mas pretende retificar dados, também tem até dia 30 para mudar o modelo de entrega. A partir de 1º de maio, as declarações retificadoras só podem ser entregues no modelo da declaração original. (Jornal do Commercio).