• Ceclin
jun 18, 2009 1 Comentário


Debate esclarece dúvidas sobre o São João da Vitória

Nesta última sexta feira (12) o Programa A VOZ da VITÓRIA, apresentado por Lissandro Nascimento na Rádio Tabocas FM (98,5), em sua tradicional Mesa Redonda contou com a participação do Secretário de Cultura, Turismo e Esportes Paulo Roberto Leite de Arruda, Major Sérgio Rodrigues representando o 21º Batalhão de Polícia Militar e ainda de Eudes Lorena, representando a Secretaria de Saúde da Vitória de Santo Antão.

Começamos o debate com o Secretário Paulo Roberto respondendo a perguntas feitas ao Blog http://www.avozdavitoria.com/ que se referia a mudança de local dos festejos juninos.

Segundo o Secretário Paulo Roberto a mudança foi decidida após observações realizadas no local antigo, por ser de declive acentuado e ter a feira no local do evento, ao qual seria muito ruim para os feirantes que tem suas barracas alí instaladas, o qual poderiam ser removidos.
Teriam que montar e desmontar todos os dias de eventos e sem falar que muitas pessoas não utilizam as cabines sanitárias instaladas no local usando as portas dos estabelecimentos comerciais para fazer as suas necessidades, deixando além de mau cheiro, as portas sujas causando transtornos aos comerciantes e funcionários na hora de abrir o estabelecimento.

O Major Sérgio, que ficará responsável pela segurança do evento devido às férias do Comandante Major Petrônio, nos adiantou que o plano de segurança para o evento já está em prática com um esforço conjunto da Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal e Ministério Público que estarão todos empenhados para a realização de uma boa festa.
Também ressaltou que a decisão da Secretaria de Cultura em instalar câmeras de segurança que monitoram toda a área do evento foi de extrema importância, porque potencializou a contribuição do pelotão de choque que enviou detectores de metais para incrementar a segurança do evento, concluindo que essas câmeras ampliam o raio de vigilância, tornando mais eficaz o trabalho de coibição a qualquer tipo de delito, principalmente referente ao tráfico e vendas de drogas, que infelizmente sempre há alguem ‘que se ache no direito de vender substâncias proibidas nos eventos de grande porte, como este’.

Da Secretaria de Saúde, Eudes Lorena, frisou que a Vigilância Sanitária não terá grandes problemas devido à atuação de seus técnicos durante o Carnaval passado que orientou e disciplinou os vendedores de alimentos e bebidas, no evento em que estão, serão praticamente os mesmos que irão comercializar os produtos durante o São João, mesmo assim toda a equipe estará atuante verificando a qualidade e o prazo de validade dos produtos comercializados, comentou.
Quanto à possibilidade de alguém precisar de cuidados médicos informou que terá o SAMU e o Hospital João Murilo para qualquer eventual ocorrência e caso seja necessário alguma remoção para a capital, o SAMU também é bem preparado para realizar o socorro.

Perguntado se houve algum apoio do governo estadual para a realização do evento o Secretário foi enfático em afirmar que no Carnaval a Cidade teve um pólo oficial do governo estadual, mas para a realização dos folguedos juninos o mesmo não se manifestou, porém espera participação dos mesmos nos próximos.
Finalizando o debate e em uma única sintonia todos os participantes convidaram a população para participar dos eventos porque terão um local bonito, seguro e com atrações que retratam a mais pura cultura pernambucana.

Apresentação: Lissandro Nascimento.

Produção: Jáder Siqueira, Orlando Leite e Cláudio Gomes.

Equipe: Felipe França, Genilda Alves.