Ceclin
Maio 30, 2014 0 Comentário


CRISE EM GRAVATÁ: Prefeito Bruno Martiniano sofre uma debandada de Secretários

O Secretariado da gestão do Prefeito de Gravatá, Bruno Martiniano (ex-PTB), acaba de sofrer o seu sexto desfalque com Simone Osias, da pasta de Planejamento. Com ela, somam-se seis (6) Secretários que foram embora em apenas um ano e seis meses de Governo, sem contar com o afastamento do Vice-prefeito Rafael Prequé (PSB).

Além do Vice, Martiniano também quebrou o acordo político que detinha com o seu próprio Partido – o PTB – do Senador Armando Monteiro Neto e do Deputado Federal Jorge Côrte Real, bem como do ex-deputado Edgar Moury Fernandes (PMDB). Todos estão afastados do Prefeito de Gravatá com graves arranhões políticos.

Já saíram ou foram substituídos ao longo desse período do Secretariado de Gravatá,  o titular da Saúde Dr. Denis Oliveira, da Imprensa Maria do Carmo, de Obras Dirceu Bezerra, de Finanças Marcelo Gaston, do Governo e Defesa Social Marcos Paiva e, agora, Simone Osias – do Planejamento.

Enfrentando mais uma crise de governabilidade em sua gestão, Bruno Martiniano vem perdendo ao longo dos meses importantes apoios e pessoas que tiveram participação fundamental na sua campanha exitosa nas eleições de 2012, após tentar ser prefeito durante uma década de disputas políticas.

Segundo o Blog do Castanha, outras pessoas deverão entregar cartas de demissão nos próximos dias. Comenta-se que a Secretária de Educação, Francisca Nogueira, estaria insatisfeita e que por isso entregaria o cargo. Outra especulação é se a Secretária do Meio Ambiente, Fernanda Gayoso, e ainda o Procurador Jurídico Humberto Interaminense, indicados por Edgar Moury Fernandes (rompido com Bruno Martiniano), estes também deverão sair da administração gravataense.