Ceclin
abr 02, 2020 0 Comentário


CORONAVÍRUS | Operadoras serão flexíveis com inadimplentes além de liberarem Internet e canais de TV

Internet Banda Larga

Em novo comunicado, as principais operadoras do País anunciaram novas medidas para ajudar aos seus clientes durante a quarentena. As operadoras Algar, Claro, Nextel, Sercomtel, Oi, TIM e Vivo anunciaram medidas para adotar uma maior flexibilidade no processo de cobrança para aqueles clientes com dificuldades de se manterem adimplentes. A medida será válida para os clientes que enfrentam problemas para realizar pagamentos, seja por questões de mobilidade ou financeiras. As operadoras também estão implementando revisões em suas políticas de negociação de dívidas por inadimplência, buscando criar melhores condições de prazo e/ou isenção de juros neste momento, como afirmado no comunicado.

Após a classificação das atividades de telecom e Internet como essenciais durante a crise, parlamentares e entidades como o Ministério Público Federal, a OAB-DF e o Idec solicitaram que não houvesse corte no serviço de clientes por motivos de inadimplência. Esta nova medida já era esperada e estará complementando as demais medidas tomadas anteriormente. Vale lembrar que as operadoras estão ampliando a velocidade da internet banda larga, enviando bônus de Internet, liberaram canais da TV a cabo, não estão descontando da franquia de dados o uso do aplicativo do SUS sobre o Coronavírus, estão disponibilizando Wifi em certos locais públicos, entre outras ações para garantir o funcionamento e utilização dos serviços.

As principais operadoras do País também estão informando aos seus clientes que será possível realizar a troca de chips de forma remota. A operadora Vivo pede que os clientes que necessitem trocar de chip, que ligue para o atendimento da Vivo, da mesma maneira que a TIM informa que seus clientes deverão entrar em contato com o 0800 da TIM. A operadora Oi informou que só realizará a troca do chip por motivos de furto, roubo ou defeito.

A Oi adotou uma série de medidas para facilitar a vida de seus clientes durante o período de isolamento social para conter o Covid-19. A operadora está oferecendo o desbloqueio por uma semana para quem estiver inadimplente, postergação da data de vencimento das faturas de abril por 15 dias a pedido dos clientes e uma flexibilização da política de parcelamento sem multa. As medidas entram em vigor no dia 06 de abril, segunda-feira, e terão validade durante todo o mês, considerado o período de maior impacto da pandemia, e podem ser prorrogadas em caso de manutenção desse cenário.