Ceclin
mar 21, 2012 0 Comentário


Copergás quer elevar distribuição

Folha de Pernambuco

Toda empresa, além dos bons lucros, almeja conquistar alguma certificação, seja no aspecto de qualidade (ISO 9001), de amiga do meio ambiente (ISO 14001) ou de segurança no trabalho e saúde ocupacional (OHSAS 18001). Pois bem. A Companhia Pernambucana de Gás (Copergás) não só ganhou essa tríplice certificação, como agora detém o título de ser a única distribuidora de gás natural do Brasil a tê-la. Com isso, a Copergás espera um potencial crescimento na distribuição de gás em todas as áreas de atuação (industrial, comercial, residencial e veicular) para 2012. A estimativa, de acordo com o diretor técnico Comercial da Companhia, Jailson Galvão, é de fechar o ano com faturamento de R$ 10 milhões a mais que em 2011.

“Há 16 anos nosso faturamento era de R$ 30 milhões com cerca de 20 funcionários. Hoje temos um quadro de 230 colaboradores com faturamento que chega a 20 vezes mais. E o lastro que temos hoje, para enfrentar os novos desafios que surgem com o crescimento de Pernambuco, são baseados nestas três certificações”, avalia Galvão.

Os novos desafios citados pelo diretor da Copergás, prioritariamente, são os novos contratos com a Petroquímica, em Suape (230 mil m³ por dia), com a Fiat (100 mil m³ por dia) e com a Companhia Brasileira de Vidros Planos (110 mil m³ por dia), em Goiana. “São serviços grandes que vão potencializar as vendas da Copergás”, afirma Galvão.

Ainda de acordo com ele, a região Norte do Estado (Goiana, Igarassu e Paulista) vai receber 50% do investimento estimado para o biênio 2012/2013, que é de R$ 90 milhões. “Estamos solicitando à Petrobras um aumento contratual e logístico, do ponto de entrega de Goiana, para um milhão m³ por dia, com o intuito de atender o potencial deste polo”, antecipa.

Com os R$ 45 milhões restantes a meta é expandir a rede urbana. Além disso, também haverá expansão ao polo de Glória de Goitá, a partir de Vitória de Santo Antão, assim como para a Cidade da Copa.