• Ceclin
dez 31, 2015 0 Comentário


Convênio garante água encanada para bairros de Água Preta

compesa em Agua PretaA  Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e a Prefeitura de Água Preta, município da Mata Sul do Estado, firmaram, nessa quarta-feira (30), um convênio de cooperação técnica para a realização de projetos hídricos na cidade. Construção de duas adutoras, instalação de hidrômetros e apoio na elaboração de projetos estão entre as ações previstas no convênio. A assinatura foi celebrada na sede da Compesa, no Recife.

As duas adutoras deverão viabilizar o transporte da água para os conjuntos habitacionais Barra D’Ouro I e II, construídos pela Operação Reconstrução, após a enchente do Rio Una, em 2010. Serão construídas uma adutora de água bruta e uma de água tratada que vão permitir o funcionamento do novo sistema de abastecimento. Também serão fornecidos hidrômetros que serão instalados pela Prefeitura nos referidos conjuntos habitacionais. “Vamos agilizar a compra dos materiais para que a obra comece logo em janeiro e termine no prazo estimado de dois meses”, afirmou o diretor Regional do Interior, Marconi Azevedo.

A Compesa também dará apoio na elaboração de um Plano de Investimentos para o sistema de abastecimento municipal de água tratada. O objetivo é dotá-lo de condições e padrões mínimos de operacionalização, universalização, continuidade e potabilidade da água preconizados nas normas de regulações sanitárias e ambientais vigentes e na lei 11.445/07, marco regulatório do saneamento básico. “É um investimento que colocará esses moradores em outro patamar de qualidade de vida”, assegurou o diretor.

Para o prefeito de Água Preta, Armando Almeida Souto (PDT), o apoio que o Governo do Estado e a Compesa estão dando ao município é de extrema importância para seu desenvolvimento. “Os conjuntos habitacionais Barra D’Ouro I e II deixarão de receber água de carros-pipa e passarão a receber água tratada, em um prazo de 60 dias, graças à ajuda da Compesa”, comemorou.

Outra obra importante é a transposição de água do Rio Una, que irá reforçar a captação no riacho Ourives, trazendo maior segurança hídrica para a cidade de Água Preta. A vigência do referido convênio é de 18 meses, com recursos da ordem de R$ 460 mil. O presidente da Compesa, Roberto Tavares, e o diretor de Articulação e Meio Ambiente da Compesa, José Aldo dos Santos, também estiveram presentes no ato da celebração do convênio.

com informações da Assessoria