• Ceclin
jul 21, 2016 0 Comentário


Convenção: Zé Catinga e Irmão Madi pretendem conquistar a Prefeitura de Vitória

Convenção Catinga e Madi 2016

Por Lissandro Nascimento

Abrindo nesta quarta-feira (20/07) o prazo para realização das convenções partidárias para quem vai disputar as eleições 2016, José Manuel de Souza, empresário do ramo de supermercados, mais conhecido por Zé Catinga, bem como o dirigente do PHS, Irmão Madí, homologaram suas candidaturas a prefeito e vice-prefeito, respectivamente, em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata. A convenção se instalou totalmente decorada com a cor verde no Clube Abanadores O Leão, na Praça da Matriz. A aliança juntou o PV, PHS, PTdoB e PRTB. Porém, apesar de anunciado nesta coligação, o PTdoB sofreu intervenção do diretório estadual na última terça (19) e seguirá para outro palanque em Vitória.

Batizada simplesmente de “Por uma Vitória melhor”, a aliança Zé Catinga e Irmão Madi deverá registrar na Justiça Eleitoral seus 38 candidatos a vereador. Com discursos previsíveis e insossos, lideranças partidárias se revezaram para falar. Abrindo a convenção, esteve o presidente estadual do Partido Verde e pré-candidato à prefeito do Recife, Carlos Augusto, acompanhado de Ana Paula – secretária estadual do PV Mulher, José Mário Lucena – presidente do PV Recife, e o Deputado Federal Pastor Eurico (PHS-PE). “Há um ano atrás ninguém acreditava na postulação de Zé Catinga. Graças ao esforço de Zé e Carlos Alberto (presidente do PV na cidade), Vitória hoje pode trilhar um novo caminho. A partir de hoje vamos junto com o povo tirar esta elite dominante da Prefeitura de Vitória e colocar alguém do povo”, frisou Carlos Augusto. Por sua vez, o presidente municipal da sigla fez questão de destacar que esta convenção “deixa por terra” todas as dúvidas de quem não acreditava na postulação do PV à prefeitura, além disso, Carlos Alberto avisou que não é candidato a vereador e se justificou: “Quero fazer vereadores!”.

Sucinto e usando parábolas bíblicas para descrever a vitória eleitoral de Zé, Pastor Eurico reafirmou seu apoio a chapa Catinga / Madi, expondo ainda que o palanque ganhou musculatura após o ingresso do PHS. Aproveitou para agradecer os mais de cinco mil votos que recebeu na última eleição de deputado em Vitória e alfinetou os adversários: “As verdadeiras pesquisas mostram que Zé Catinga está fazendo a diferença e o seu crescimento no eleitorado de Vitória vem incomodando”, acredita. Integrou a mesa desta convenção, o presidente do PHS Vitória, David Frutas; Batista Souza, presidente local do PRTB; bem como os candidatos do PV de outros municípios, a exemplo de Pedro Monteiro – representado por Vinicius – presidente do PV de Pombos, Ricardo Cabral (Itamaracá), Wellington (Glória do Goitá), além de Belarmino Souza e Wilson da Prestação, então vice-presidente estadual e presidente municipal do PTdoB, este último teve sua comissão provisória destituída, conforme explicitado mais abaixo.

O grupo político de Catinga/Madi abriu as convenções partidárias em Vitória. Fotos: Equipe A Voz da Vitória

O grupo político de Catinga/Madi abriu as convenções partidárias em Vitória. Fotos: Equipe A Voz da Vitória

Sem tecer quaisquer críticas diretas aos Lira & Queiralvares, que são os polos políticos que dominam Vitória há mais de três décadas, além de nem se quer pontuarem quais seriam algumas soluções da coligação para os atuais problemas urbanos do Município, nem Madí e nem Zé Catinga aproveitaram o ambiente para começar o debate. Apelando para um discurso limitado, de ordem sentimental e familiar, Catinga citou exemplos na sua convenção de famílias que sofrem com o descaso do serviço público. Ele lembrou que assistiu um documentário televisivo em 2011, pelo qual abordava o sucateamento do sistema público de Saúde no Brasil e com isso confessou para o público presente no Clube O Leão, que foi o sofrimento de uma senhora do Mato Grosso do Sul que lhe motivou a sair candidato a prefeito.

Reconhecendo que nunca exerceu qualquer cargo na administração pública, Catinga repetiu “o mantra” que utiliza em todos os seus discursos: “Vitória já mim deu tudo. Agora quero ajudar a minha terra”.

Por fim, a única proposta apresentada por Catinga em seu discurso nesta convenção, foi a promessa de quando for prefeito sanear toda a cidade até o final do futuro mandato (2020). “Esgoto é problema grave em Vitória. Poderei não deixar a cidade asfaltada, pois vou preferir saneá-la, até porque barro não mata, mas lama mata!”, sintetizou. ASSISTA clicando AQUI.

Wilson PrestaçãoPTdoB

Diante da recente mini reforma eleitoral, o Deputado Federal Silvio Costa saiu da legenda que se elegeu e acabou assumindo a presidência estadual do Partido Trabalhista do Brasil – PTdoB, por intermédio do Senador Armando Monteiro Neto (PTB). Como em Vitória de Santo Antão, o Senador aposta na vitória do Professor Edmo Neves (PMN) para a prefeitura da cidade, Silvio Costa destituiu a comissão provisória do PTdoB em Vitória, então presidida por Wilson da Prestação, e passou o comando da sigla aos aliados políticos ligados ao Professor Edmo.

A Certidão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) já atesta desde ontem a destituição da comissão dirigida por Wilson da Prestação, o que implica dizer que o PTdoB seguirá no apoio à chapa Edmo / Zé da Juliana, prefeito e vice, respectivamente.

 CONFIRA AS IMAGENS…

anigif

 ASSISTA VÍDEO: “barro não mata, mas lama mata!”, diz Zé Catinga prometendo sanear Vitória

 

OUTRAS CONVENÇÕES EM VITÓRIA:

Henrique Filho – dia 22 de julho (sexta), às 19h. no Clube O Leão

Aglailson Júnior – dia 24 de julho (domingo), às 14h., no Clube O Leão

P.R. / Ozias – dia 24 de julho (domingo), às 15h, no Colégio 03 de Agosto

Edmo Neves – dia 29 de julho (sexta), às 18h. na Quadra da UFPE Vitória.