Ceclin
ago 04, 2012 0 Comentário


Contas da Prefeitura de Gravatá bloqueadas

Com informações do Portal GN

As contas da Prefeitura de Gravatá foram bloqueadas na sexta-feira (03), incluindo os fundos municipais, a exemplo do IPSEG. As contas do Banco do Brasil, Caixa Econômica, Bradesco e do Santander acabaram bloqueadas por decisão do Tribunal de Contas de Pernambuco – TCE/PE e acatadas pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco – TJPE.

A Prefeitura de Gravatá possuiu inúmeros processos referentes à dívidas de precatórios do terreno onde hoje funciona o Terminal Rodoviário de Gravatá. A Prefeitura não acatou a decisão de pagar os débitos dos anos 2010 e 2011, o que acarreta, segundo a Justiça, em improbidade administrativa e retenção de repasse do Fundo de Participação dos Municípios – FPM.

Por conta do bloqueio, a Prefeitura de Gravatá ficará impedida de realizar quaisquer transações bancárias, inclusive pagar funcionário e fornecedores. O prazo para liberação não foi informado pelo TJPE, pois, até o fechamento desta reportagem, o prefeito Ozano Brito (PSD) não havia entrado com nenhum recurso de defesa.

As contas foram bloqueadas logo após o PORTALGN.com denunciar a liberação de R$ 600 mil para a empresa Marta Lima, responsável pela publicidade do governo.

 SAIBA MAIS AQUI.