Ceclin
nov 16, 2021 0 Comentário


Consumo de peixe no Brasil cresce; veja 7 benefícios do pescado para saúde

A Associação Americana do Coração recomenda o consumo de peixes pelo menos duas vezes por semana. Apesar da média ainda estar longe de ser atingida no País, empresários do ramo veem uma a busca por saúde como uma oportunidade para ampliar as vendas ao mercado interno, também incentivados pela alta no valor de outros produtos que fazem parte da mesa dos brasileiros.

Segundo o empresário Marcelo Martini, da Martuna Pescados, disse que a empresa está destinando parte da produção dos pescados capturados para o mercado interno. Apesar das exportações de atum e meca serem o carro-chefe do setor no Rio Grande do Norte, que lidera o ranking das vendas ao exterior entre os estados do País, o nicho do mercado interno e o próprio compromisso social da empresa faz com que o pescado seja vendido ao público potiguar com preço acessível, se comparado a carnes, por exemplo.

“Queremos incentivar o consumo desse pescado na nossa região. Nos países ocidentais, ainda há tímida ingestão desses alimentos ricos em ômega 3, como os peixes de águas profundas, como o atum. A comunidade científica cada vez mais expõe os benefícios no consumo de peixes e o brasileiro, pouco a pouco, tem entendido a importância desse hábito”, disse Martini.

Veja alguns dos principais benefícios do peixe para a saúde:

1. Fortalecer o sistema imune
O peixe é fonte de proteínas e gorduras boas, como o ômega 3, que aumentam a produção das células de defesa do organismo, fortalecendo o sistema imune. É rico em vitamina C e vitamina E, que contêm propriedades anti-inflamatórias, protegendo o sistema de possíveis inflamações.

2. Prevenir o aparecimento de osteoporose
O peixe é uma excelente forma de prevenir o aparecimento de osteoporose, pois é rico em vitamina D, que permite aumentar a absorção de cálcio no intestino e prevenir o desgaste dos ossos. Essa vitamina D também é muito importante pois ajuda a prevenir diabetes, infertilidade, câncer e problemas cardíacos.

3. Fortalecer os ossos e os dentes
Excelente forma de fortalecer ossos e dentes, porque é rico em cálcio, o que torna ossos e dentes mais fortes, prevenindo problemas como cáries. Os peixes gordos ricos em ômega 3 também ajudam a diminuir a perda óssea.

4. Prevenir o envelhecimento precoce da pele
Devido às propriedades antioxidantes, alguns peixes magros ajudam a retardar o envelhecimento precoce da pele e prevenir câncer da pele. Ricos em ômega 3, peixes gordos promovem renovação das células da pele.

5. Reduzir o risco de aterosclerose
Os peixes gordos reduzem risco de aterosclerose porque são ricos em ômega-3 e antioxidantes, que diminuem colesterol ruim e triglicerídeos, que formam placas de gordura nos vasos, melhorando circulação do sangue e prevenindo coágulos que podem resultar em infarto.

6. Melhorar a memória
O consumo regular de peixe melhora a memória porque é rico em ômega-3, antioxidantes e minerais, como o cálcio e o fósforo, que protegem as células do cérebro e garantem o seu correto funcionamento.

7. Aliviar os sintomas de artrite
Os peixes gordos são boas fontes de ômega 3, que alivia sintomas da artrite por ter forte propriedade anti-inflamatória. Isso significa que, ao aumentar níveis de ômega-3, inflamação nas articulações reduz e dor também.

Via Tribuna do Norte RN