• Ceclin
set 27, 2010 0 Comentário


Consumo de energia no País mantém trajetória de alta



O Ministério da Ciência e Tecnologia e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com o Ministério da Saúde, vão promover a integração entre a indústria nacional e o Sistema Único de Saúde (SUS).

Por meio de edital publicado hoje (27) no Diário Oficial da União, serão selecionados projetos para a realização de pesquisas com produtos que possam reduzir a dependência brasileira de insumos estratégicos em saúde.

Serão apoiadas duas linhas de pesquisa. A primeira é voltada para o segmento farmacêutico, visando à destinação terapêutica ou à rota de produção de medicamento. A segunda linha é destinada a projetos de pesquisa.

As propostas aprovadas serão financiadas no valor estimado de R$ 10 milhões, sendo R$ 5 milhões do Fundo Nacional de Saúde e R$ 5 milhões do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT)/fundos setoriais. Serão priorizados projetos de hospitais de ensino pertencentes à Rede Nacional de Pesquisa Clínica ou aos centros de Referência do SUS. Os projetos devem ter prazo máximo de execução de 24 meses.

As propostas devem ser encaminhadas ao CNPq exclusivamente pela internet, por intermédio do Formulário de Propostas Online, disponível na Plataforma Carlos Chagas, até o dia 8 de novembro.
(Agência Brasil)