• Ceclin
jun 21, 2009 1 Comentário


Conselho Estadual de Políticas Públicas para a Juventude toma posse

Fonte: Portal do governo de PE
Pernambuco acaba de ganhar mais um instrumento democrático de acompanhamento e de debates das ações governamentais voltadas para os jovens. Nesta quarta-feira (17/06), o Governador Eduardo Campos deu posse ao Conselho Estadual de Políticas Públicas de Juventude (CEPPJ), em cerimônia realizada no Palácio do Campo das Princesas. O objetivo é promover o controle das políticas públicas de juventude, ampliar e assegurar aos jovens os seus direitos.

Eduardo destacou o fato de o CEPPJ ser “o primeiro da nossa história”, e desejou vida longa ao colegiado: “Pernambuco foi inovador no Brasil: foi o primeiro estado a ter uma Lei de políticas para a juventude. O Conselho é o órgão máximo de planejamento e monitoramento com a participação de diversas áreas do Estado e também da sociedade civil”, explicou.

Aprovado pela Lei 13.607, de outubro de 2008, o CEPPJ é composto por 28 conselheiros titulares e 28 suplentes (lista completa abaixo), sendo dividido meio a meio entre representantes do Governo e da sociedade civil. O Conselho irá se reunir a cada três meses, com a primeira dessas reuniões marcada para agosto. Ainda serão realizados seminários de capacitação e, a princípio, duas câmaras temáticas: uma de acompanhamento e monitoração e outra que vai revisar e fazer as possíveis atualizações no Plano Estadual de Juventude.

Disciplina e disposição foram os “conselhos” deixados pelo governador aos jovens representantes, que têm dois anos de mandato: “Para que eles possam experimentar uma vida útil, um conselho que debata as grandes questões, que tenha o confronto de idéias, mas também a sugestão, a contribuição objetiva para que a vida da juventude possa melhorar com acertos e políticas públicas nas mais diversas áreas”, afirmou Eduardo.

O secretário de Juventude e Emprego, Pedro Mendes, lembrou que o Conselho já existia, mas que não tinha uma representação legal e ressaltou: “Talvez seja um dos mais importantes passos em direção à construção dessa política pública da juventude. E esse é o passo que convoca a juventude e a sociedade civil a participar, coordenar e fiscalizar, através da representação do Conselho Estadual de Juventude”.

Para o representante do Conselho Nacional da Juventude, Péricles Chagas, Pernambuco está dando vários passos largos na construção dos marcos legais para a constituição das políticas públicas de juventude. Apesar dos desafios enfrentados em todo o país, ele acredita no sucesso do Conselho: “É uma ferramenta de extrema importância para a juventude pernambucana, para mudar os índices que estão postos”, conclui Chagas.

A estudante Virginia Barros é a Presidente eleita da UEP

A União dos Estudantes de Pernambuco Cândido Pinto (UEP) terá assento no Conselho Estadual de Políticas Públicas para a Juventude, tendo a Presidente eleita no 37° Congresso da UEP, a estudante da UFPE Virgínia Barros (Vic) como integrante titular. Para Vic “o CEPPJ será um instrumento importante na consolidação das políticas públicas especificas para a juventude pernambucana, e a UEP terá total disposição em fortalecer esses importantes fóruns democráticos que vem sendo constituídos em nosso Estado”, avalia.

Por Anderson Diego ,
Com Informações do Portal do Governo de Pernambuco e da SEJE.