• Ceclin
jan 11, 2020 0 Comentário


Conselheiros Tutelares tomam posse em Vitória de Santo Antão

Conselheiros Tutelares tomam posse em Vitória de Santo Antão

por Lissandro Nascimento

Pela primeira vez tomando posse como conselheiro tutelar, Cláudio Júnior vive a expectativa de realizar um bom trabalho em defesa das crianças e adolescentes do Município da Vitória de Santo Antão. Na eleição direta para os conselheiros, realizada em outubro do ano passado, ele foi o mais votado entre todos os candidatos obtendo 2.227 votos. “O entrosamento entre os integrantes do Conselho é importante porque trabalhamos em colegiado. Esse colegiado é quem vai encaminhar e definir as situações que chegam no Conselho”, disse Júnior.

Ao dar posse aos novos conselheiros tutelares para o mandato 2020 a 2024 na manhã da sexta-feira (10/01), no Plenário da Câmara de Vereadores, o prefeito de Vitória, Aglaílson Júnior (PSB), disse que a gestão estará sempre à disposição para contribuir com a integração e interação das ações no sentido de cumprir a missão de defesa dos direitos das crianças e adolescentes. O gestor destacou também a experiência adquirida pelos cinco eleitos diante do desafio do que é disputar uma eleição democraticamente.

Nildo Alencar conselho tutelar VitóriaOutro novato, Nildo Alencar  eleito com 1.381 votos, considerou importante no ato solene de posse a participação da família e dos apoiadores dos integrantes do Conselho, dizendo que vai se esforçar para retribuir a confiança depositada. “De minha parte espero fazer um bom trabalho, tenho ideias e projetos para que o Conselho Tutelar possa intervir junto ao público da criança e do adolescente, com fiscalização e orientação mais eficaz. Para isso, os novatos eleitos junto as duas conselheiras reeleitas estamos buscando o consenso para prestar um melhor serviço a população”, ressaltou Nildo.

Participaram da solenidade o presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), Danilo Barbosa, secretários municipais, vereadores, bem como os deputados estaduais Aglailson Victor (PSB) e Henrique Filho (PL).

Junto com Cláudio Júnior e Nildo Alencar, a terceira novata eleita foi Alzenir Vasconcelos com 1.466 votos, os quais se juntam as integrantes reeleitas Dida (2.134 votos) e Irmã Zezinha que conquistou 1.678 votos. Eles atuarão na luta pela defesa e garantia dos direitos da criança e do adolescente no quadriênio conforme prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Quando candidatos, os conselheiros foram submetidos ao Exame de Conhecimento Específico, uma prova com questões objetivas e discursivas, de caráter eliminatório, que abordou os instrumentos normativos e legais, organização e funcionamento do sistema de garantia de direitos humanos de crianças e adolescentes. O exercício da função de conselheiro tutelar acontece em regime de dedicação exclusiva, com jornada de trabalho de 40 horas semanais remuneradas, incluindo plantões e a realização de diligências e tarefas inerentes ao órgão.

Aglailson Junior dar posse aos Conselheiros Tutelares em Vitória