• Ceclin
set 18, 2013 0 Comentário


Congresso estadual é discutido em plenária do Sintepe

(Fotos: Marcio Souza / A Voz da Vitória).

Sindicalistas filiados ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco  (SINTEPE) estiveram na tarde dessa terça-feira (17), na sede da Associação Comercial do Município da Vitória de Santo Antão (ACIAV), na Zona da Mata do Estado, para uma plenária envolvendo um debate pré-congressual. O intuito da reunião teve como mote fortalecer a pauta de discursos para o Congresso Estadual de Educação, que acontece entre os dias 25 e 27 de novembro, no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife (RMR), além de abordar o momento em que vive a educação de Pernambuco.

Além de sindicalistas do município, se fizeram presentes filiados do Agreste do Estado, como Bezerros e Bonito, valendo destacar que encontro semelhante ocorreu também no período da manhã. Segundo a coordenação do sindicato, as plenárias municipais têm o intuito de fortalecer o discurso regional em relação às políticas nacionais de educação e preparar os delegados estaduais para a Conferência Nacional.

O Núcleo Regional é coordenado pelos professores Jeová Willians e Clícia Roberta. O Secretário para assuntos do interior, William Menezes, esteve na plenária abordando assuntos referentes as políticas educacionais, no tocante a conjuntura nacional e internacional. Ele ressaltou detalhes sobre a Conferência Nacional de Educação.

Confira na entrevista:

Pernambuco sediará o 2º Encontro do Movimento Latino-americano

De 19 a 21 de setembro, Porto de Galinhas sediará o Segundo Encontro Pedagógico do Movimento Latino-americano e o VIII Colóquio Internacional Paulo Freire. O primeiro evento é uma atividade do movimento sindical dos trabalhadores em educação, organizados, no Brasil, pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, na América Latina, pela Internacional da Educação para América Latina – IEAL e, no mundo, pela Internacional da Educação – IE.

O Colóquio, por sua vez, é uma ação promovida pelo Centro Paulo Freire Estudos e Pesquisas, com o apoio das universidades federais, sediadas em Recife, entidades acadêmicas, dos movimentos sociais e populares e agências de fomento.