Ceclin
abr 04, 2022 0 Comentário


CONEPE 2022 vai discutir a reconstrução do País, convoca Sintepe

Ocorrerá durante todo o mês de abril a IV Conferência Estadual de Educação de Pernambuco/II Conferência Estadual Popular de Educação (CONEPE 2022). A conferência será em formato virtual, sendo realizada em dias alternados (5, 7, 12, 19, 26 e 29 de abril) pelas manhãs, das 8h às 12h.

O foco da CONEPE 2022 será em torno dos caminhos que precisaremos tomar para “reconstruir o País”, com a retomada do Estado democrático de direito e a defesa da educação pública e popular, com gestão pública, gratuita, democrática, laica, inclusiva e de qualidade social para todos/as.

O Sintepe participa com uma forte delegação, apresentando sua experiência na luta do dia a dia da Educação para o acúmulo das diretrizes que serão tomadas no encontro. O Sindicato também oferece apoio logístico para a realização da conferência.

Na conferência, o Sintepe trará em suas intervenções a importância da revogação da reforma do ensino médio, a luta por gestão democrática com eleição direta para todas as escolas, incluindo EREMs, ETEs e escolas regulares.

A crença do Sindicato é que a luta pela Educação deve ser ampla e envolver todos os atores sociais que hoje resistem ao desmonte das políticas públicas no setor, com a academia, os movimentos popular, sindical, estudantil, ONGs e outros.

O documento final da CONEPE tem força e legitimidade social, visto que sua redação vem com as contribuições das conferências municipais, intermunicipais e regionais e da participação das universidades, dos movimentos de educação populares e sindicais.

Esperamos neste CONEPE 2022 reafirmar nosso compromisso com uma educação libertadora, de qualidade, justa, onde estudantes tenham instrumentos pedagógicos que lhes permitam sonhar e crescer. Onde trabalhadores e trabalhadoras em Educação sejam valorizados, com condições técnicas e tecnológicas que lhes propicie a plenitude de seu trabalho. Vamos à luta!

ACRÉSCIMO DE CARGA HORÁRIA – ANALISTAS, AUXILIAR, ASSISTENTE

A Lei 484/2022 – que atualizou o piso do magistério em 35% e concedeu reajustes para demais segmentos da categoria – traz em seu artigo 7º a regulamentação da mudança de carga horária para Analistas Educacionais, Auxiliares e Assistentes Administrativos para 40 horas semanais.

A mudança na carga horário é uma opção individual de cada servidor/a e não é necessária a anuência do gestor. O prazo para os que optam pela mudança está vigente e se finaliza em dezembro de 2022. A solicitação será por FORMULÁRIO PADRÃO.

SINDICATO DOS TRABALHADORES E DAS TRABALHADORAS EM EDUCAÇÃO DE PERNAMBUCO – SINTEPE