Ceclin
jul 20, 2020 0 Comentário


Condic aprova investimentos em fábricas de Gravatá e Ribeirão

Presidente da AD Diper, Roberto Abreu e Lima – Foto: Simone Medeiros AD/Diper

Estado terá R$ 41 milhões em investimentos: Novos projetos foram aprovados pelo Condic, que teve edição remota. 612 postos de trabalho serão gerados em Pernambuco

Em edição remota e inédita, o Conselho Estadual de Políticas Industrial, Comercial e Serviços (Condic) aprovou R$ 41 milhões de investimentos para Pernambuco, com a geração de 612 empregos futuros. Entre os destaques da 110ª reunião, está a ampliação industrial da WLC Indústria e Comércio de Alimentos, em Olinda, com investimento de R$ 12,9 milhões, gerando 266 empregos; e a ampliação da Gold Megaó Indústria de Tintas, em Jaboatão dos Guararapes, com investimento de R$ 6,2 milhões e a geração de 34 vagas.

Dos projetos industriais, 9 são na Região Metropolitana do Recife (RMR) e outros 9 no interior do Estado. São R$ 24 milhões destinados ao Grande Recife e R$ 16,9 milhões ao interior. Quanto aos empregos, a maior parte se concentra na RMR, com 390 postos, enquanto 222 serão criados no interior.

15 municípios foram contemplados, sendo sete na RMR (Abreu e Lima, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Itamaracá, Jaboatão dos Guararapes, Olinda e São Lourenço da Mata) e oito no interior (Bonito, Carpina, Caruaru, Garanhuns, Gravatá, Ribeirão, São Bento do Una e Venturosa).

A Viva Alimentos, em Ribeirão, na Mata Sul, aplicará R$ 3,8 milhões para a expansão da fabricação de pão de queijo, hambúrguer e almôndegas. Serão gerados 51 empregos. Do mais, a paranaense Inconflex, especializada na fabricação de móveis, vai inaugurar uma nova instalação em Gravatá, no Agreste. Com isso, a empresa deve investir R$ 2,8 milhões, gerando 58 postos de trabalho. Segundo o diretor comercial da empresa, Fernando Inocente, a chegada da indústria em Pernambuco será essencial para o crescimento da companhia. “Pernambuco é um lugar estratégico no Norte-Nordeste e, a partir daí, esperamos expandir nosso alcance e chegar com mais facilidade na região”, conta.

Completam o bloco de aprovados, 18 indústrias, 18 importadoras e 10 centrais de distribuição. As iniciativas desfrutarão dos incentivos fiscais do Programa de Desenvolvimento de Pernambuco (Prodepe), ofertado pelo Estado de Pernambuco.

Um outro projeto de destaque nesta edição do Condic foi o anúncio de um projeto de importação da Red Bull do Brasil. No Cabo de Santo Agostinho, será instalado um Centro de Distribuição. A chegada da Red Bull ao Estado, para o presidente da AD Diper, Roberto Abreu e Lima, representa a boa imagem de Pernambuco como hub logístico.