Ceclin
dez 23, 2017 0 Comentário


Condic anuncia ampliação de investimentos em Escada, Moreno e Vitória

reuniao do Conselho Estadual de Políticas Industrial, Comercial e de Serviços (Condic) 2017

Governo Paulo Câmara promete criação de 1.356 empregos, com renúncia fiscal

O Conselho Estadual de Políticas Industrial, Comercial e de Serviços (Condic) reuniu-se pela quarta vez este ano para analisar projetos de concessão de incentivos fiscais de empreendimentos interessados em se implantar ou ampliar suas atividades em Pernambuco.

No encontro, foram aprovados 36 projetos, sendo 26 de indústrias (14 no interior), três de importadoras e sete de centrais de distribuição.

O Governo do Estado calcula que conseguiu atrair investimentos em indústrias na ordem de R$ 279,6 milhões, sendo R$ 239,9 milhões destinados à RMR e R$ 39,7 milhões para o interior.

A 100ª reunião aconteceu na manhã da sexta-feira (22/12) no auditório da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper).

De acordo com o governo do Estado, esse montante projeta a geração de 1.356 postos de trabalho, dos quais 588 estarão sediados no interior do Estado e 768 na Região Metropolitana do Recife. Das quatro reuniões realizadas neste ano, o encontro desta sexta (22) foi o que mais gerou empregos (1.030, 930, 819 e 1.356, respectivamente).

Ao todo, 15 municípios foram contemplados, sendo seis na RMR e nove no interior.

São eles: Jaboatão dos Guararapes, Paulista, Recife, Itapissuma, Moreno, Cabo de Santo Agostinho, Escada, Caruaru, Serra Talhada, Vitória de Santo Antão, São Bento do Uma, Araripina, Tabira, Bezerros, Garanhuns e Arcoverde. Das 12 Regiões de Desenvolvimento (RD) de Pernambuco, sete foram contempladas: RMR, Mata Sul, Agreste Central, Agreste Meridional, Sertão do Pajeú, Sertão do Araripe e Sertão do Moxotó.

Segundo a Ad/Diper, a quantidade de projetos aprovados em 2017 foi superior em relação aos dois períodos anteriores.

Neste ano, com as quatro reuniões do Condic, foram contemplados 144 empreendimentos contra 129 em 2016 e 140 em 2015. O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Raul Henry, comemora os números apresentados. “Apesar da crise que ainda assola o nosso País, a 100ª reunião do Condic traz resultados animadores para Pernambuco. Sem dúvida nenhuma, este encontro marca a retomada do crescimento econômico de Pernambuco, com números expressivos na geração de empregos e investimentos na indústria. Tenho certeza que, em 2018, a nossa economia vai crescer ainda mais”, afirmou.

Blog do Jamildo