• Ceclin
jun 07, 2019 0 Comentário


Concurso “Ler Bem” escolhe representante de Escada para Etapa Regional

Jhenifer Taila Cunha da Silva, de Massauassu, representará Escada na Etapa Regional. Foto: Escadaeduca/Divulgação

Jhenifer Taila Cunha da Silva, de Massauassu, representará Escada na Etapa Regional. Foto: Escadaeduca/Divulgação

A Fase Municipal do Concurso Ler Bem, uma parceria entre a Prefeitura de Escada, através da Secretaria da Educação, da Cultura e dos Esportes, e a Associação Pernambucana de Atacadista e Distribuidores – ASPA, aconteceu da manhã da quinta-feira (06/6) na Câmara Municipal de Vereadores.

O evento contou com a participação de 19 escolas, cada uma levando um aluno ou aluna do 4º ano, representando a seu educandário. “É fantástica a coragem destas crianças que fazem a leitura de um texto, desconhecido, na frente de professores. Estão todos e todas de parabéns”, destacou o Secretário de Educação, John Kennedy. Ele aproveitou ainda declarou um poema de Ruth Rocha.

O concurso desafiou os participantes a lerem um texto, sorteado, sem conhecimento prévio dos alunos, para que eles e elas fizessem a leitura em plenário. Uma comissão, formada por cinco professores, analisou o desempenho de cada um dos 19 concorrentes.

Depois de duas etapas de classificação, a ordem das escolhidas ficou assim: 1° lugar: Jhenifer Taila Cunha da Silva (Escola Dr. José Henrique – Massauassu); 2° lugar: Ellen Rodrigues da Silva Lima (Escola Costa e Silva – Jaguaribe) e 3° lugar: Maria Heloísa Pimentel Mendes (Escola Maria Lins, Usina Barão).

Jhenifer Taila Cunha da Silva, de Massauassu, representará Escada na Etapa Regional. A cidade sede desta fase ainda não foi definida. Todos os participantes receberam medalhas e certificados. Jhenifer recebeu um celular. O 2º e 3º lugares também foram premiados, além disso, todos os professores e as respectivas escolas receberam certificados.

“Momentos como esses enriquecem o trabalho do professor ou da professora de Língua Portuguesa, mas também de todos os demais professores, porque a leitura envolve um conjunto complexo de conhecimentos. É muito gratificante e emocionante ver o desempenho de cada um e de cada uma”, destacou Zete Cavalcanti, coordenadora do programa em Escada.