Ceclin
nov 13, 2014 0 Comentário


Comissão Nacional da Verdade já fechou os dados do seu relatório

Blog do Inaldo Sampaio

Informa hoje (13) o colunista Ancelmo Góes (“O Globo”) que a Comissão Nacional da Verdade, coordenada pelo advogado Pedro Dallari, já fechou os números do relatório que pretende passar às mãos da presidente Dilma Rousseff no próximo dia 13 de dezembro, em Brasília. Em seus três anos de funcionamento, a Comissão apurou que durante a ditadura militar 421 pessoas foram mortas ou simplesmente desapareceram, 18 das quais foram assassinadas no exterior.

O relatório dirá também que 181 mortos já tinham tido seus corpos localizados antes da instalação da Comissão e que 32 foram localizados e devolvidos às respectivas famílias. Por fim, que 208 vítimas continuam com destino ignorado, entre elas o estudante pernambucano Fernando Santa Cruz Oliveira, irmão do vereador de Olinda, Marcelo Santa Cruz (PT) e os 70 chacinados na guerrilha do Araguaia.