Ceclin
jul 20, 2020 0 Comentário


Comissão de Direitos Humanos atuará na busca por melhorias para o Complexo Policial de Vitória

Comissão de Direitos Humanos visita Complexo Policial em Vitória de Santo Antão

O Escritório Vitoriense de Direitos Humanos, entidade de utilidade pública municipal, situado na Rua Pedro Albuquerque, nº 27 – Livramento, em Vitória de Santo Antão, juntamente com a Comissão de Cidadania e Direitos Humanos, representados pela Dra. Joseneide Adriana (Presidente Executiva), Dr. Wilson Brito (Ouvidor), Dra. Juliana Benvenuto (Diretora do Departamento Jurídico), Dr. Valdemiro Cruz (Coordenador da Pastoral Carcerária) desta Comarca e o Dr. Aloísio Jorge (Representante da Comissão dos Direitos Humanos na OAB-Vitória) em visita realizada ao Complexo Policial de Vitória de Santo Antão da 12ª DESEC, foram recebidos pelo Delegado Regional Rodolfo Lima Cartaxo, para averiguar as condições estruturais daquele Complexo a fim de intervir junto as autoridades competentes para garantir uma melhor qualidade na prestação de serviços, diante das denúncias recebidas, em observância a garantia dos Direitos Fundamentais, cujo objetivo é combater as violações aos Direitos Humanos dos encarcerados e dos servidores públicos atuantes.

Notícias da Ouvidoria

Durante a quarentena devido a pandemia da Covid-19, a Ouvidoria funcionou normalmente no horário de expediente de segunda à sexta-feira. Foram registrados no livro três denúncias de maus tratos de abandono de idosos, como também violação ao Código do Consumidor  cometidos por uma loja no Centro comercial vitoriense contra um idoso, sendo resolvido através de conciliação e mediação. O Ouvidor Wilson Brito recebeu no dia 10/07/2020, votos de Feliz Aniversário através de e-mails, telefonemas e redes sociais, no mesmo dia, sendo homenageado pelos membros da diretoria do Escritório de DH e dos membros da Comissão Permanente da Cidadania. O ouvidor Wilson detém relevantes serviços prestados na área social, sendo reconhecido por instituição conceituada da área acadêmica, pelo qual recentemente recebeu o título de Doutor Honóris Causa em Direitos Humanos do College Baptist Church in Brazil.

Homenagem póstuma ao membro do Escritório de Direitos Humanos

Severino Manoel dos Santos era considerado um colega exemplar pelo coletivo de DH, lotado no setor da Ouvidoria, exercia a função de plantonista. Voluntário nessa instituição desde 2013, também atuou com um vasto currículo de trabalho na área de segurança, prestou serviços por uma década no extinto SOS Criança, onde saiu com reconhecimento de relevantes serviços prestados, além de ter sido funcionário de empresa de segurança profissional patrimonial.

Não sabia dizer ‘não’ para ninguém, com ele não havia tristeza e, com alegria enfrentou os momentos amargos dos últimos dias da sua vida. “Era um exemplar trabalhador que deixou sua marca entre nós seus colegas de trabalho; por isso foi um exemplo de voluntário, que mesmo após a sua aposentadoria permaneceu prestando serviços em nossa entidade”, relatam. Nesse sentido, o Escritório Vitoriense de Direitos Humanos em reconhecimento a sua valiosa participação na entidade, fez o devido registro no livro de Ata, uma vez que ele cumpriu sua missão e sua lembrança estará eternizada nos corações de quem ele conviveu.