• Ceclin
mai 13, 2009 0 Comentário


COMDICA define seu presidente e questiona obra em Pacas

Em Reunião Ordinária dos membros do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente da Vitória de Santo Antão (COMDICA) foi eleito definitivamente o seu presidente no dia primeiro de abril.
Em virtude da renúncia de sua presidente anterior, Profa. Abigail do Carmo, terminou assumindo interinamente a Sra. Maria da Conceição. Com a vacância do cargo e em meio a denúncias de cadastros incompletos das entidades participantes, além das contas do Comdica em aberto e disputas por espaço neste Conselho que é paritário, o Ministério Público local acabou interferindo no processo eleitoral da escolha do novo presidente, abrindo um novo calendário para esta definição.

Com cinco membros titulares que tem assento cativo no Comdica, o Poder Executivo local optou inicialmente pelo nome de Júlio Severino – Diretor de Relações Sociais da Secretaria de Desenvolvimento Social da Prefeitura da Vitória. Contudo, logo após, a Prefeitura teve que optar por outro nome, em decorrência da falta de consenso estabelecido dentre os outros cinco membros da sociedade civil presentes no Conselho.
A representação governista no Comdica apresentou um outro nome, pelo qual o Prof. Berinaldo Celerino – Diretor da Secretaria de Desenvolvimento Social da PMV acabou sendo eleito por unanimidade.
Diante da escolha, foi baixada pelo Prefeito Elias Lira (DEM), a Portaria 692/2009, no dia 1º de maio, que definiu a nova composição da Diretoria Executiva do Comdica no Município, já com as indicações sugeridas pelo novo presidente junto com a Secretaria de Governo.

CONHEÇA A NOVA COMPOSIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DO COMDICA:

Presidente: Berinaldo Celerino da Silva
Vice-presidenta: Maria da Conceição Lima Campos
Secretário Executivo: José Maria Freire da Silva
Auxiliar Administrativo: Fernando Luis Veras de Brito
Aux. Administrativo: Bêrtran Bassay Celerino da Silva
Aux. Serviços Gerais: Elisabete Feliciano da Silva

Em Reunião Extraordinária ocorrida nesta quarta-feira (13), o pleno do Comdica discutiu a possível instalação de um Centro de Ressocialização na comunidade de Pacas, zona rural da Vitória de Santo Antão, sugerida pelo Governo do Estado.
A intenção do Estado é fazer a construção na localidade de uma unidade da FUNASA, órgão responsável por se responsabilizar pelas crianças e adolescentes que cometem infrações e delitos. De acordo com a reunião ocorrida no domingo passado com os técnicos do Governo do Estado, Prefeitura Municipal, autoridades e comunidade local.

Os membros do Comdica discordam desta iniciativa do Governo. Segundo reunião ocorrida, estes decidiram fomentar um Relatório com o diagnóstico das condições físicas do local, pelo qual deverão propor ao Governo do Estado e a Prefeitura da Vitória, um outro formato para atender às crianças e adolescentes.

“Somos favoráveis ao aproveitamento do terreno de Pacas para atender as necessidades das crianças e adolescentes carentes da região, ao invés da instalação de um possível Presídio”, salientou um dos membros do Comdica. Este projeto deverá receber adolescentes de 12 a 17 anos.
Eles relataram ainda que as iniciativas tomadas pela FUNASA (Governo do Estado) não estão sendo discutidas com os órgãos responsáveis por este público no Município. “Nem sequer fomos consultados ou convidados para esta discussão”, lamentou um outro membro da Executiva.


por Lissandro Nascimento.


LEIA TAMBÉM:

Promotoria adia eleição do presidente do COMDICA

COMDICA aprova contas para não prejudicar Vitória