Ceclin
nov 01, 2022 0 Comentário


Com mais de 500 atividades gratuitas, REC’n’Play volta a ser realizado

Anúncio do REC’n’Play. Foto: Folha de Pernambuco

Entre os dias 16 e 19 de novembro, uma extensa programação gratuita vai abranger atividades voltadas às áreas de tecnologia, inovação, cultura e empreendedorismo 

Com o objetivo de contribuir com o surgimento de mais e melhores negócios inovadores e acelerar o desenvolvimento dos pequenos negócios, após uma pausa de dois anos devido a pandemia da Covid-19, o Sebrae Pernambuco apresenta a quarta edição do REC’n’Play, um dos maiores eventos do setor no Brasil, promovido pelo Porto Digital e Ampla Comunicação.

Entre os dias 16 e 19 de novembro, uma extensa programação gratuita vai abranger atividades voltadas às áreas de tecnologia, inovação, cultura e empreendedorismo, ocupando as ruas do Recife Antigo e do bairro de Santo Antônio. Durante esses quatro dias do festival, o Sebrae estará no Bairro do Recife ocupando todo o prédio do Apolo 235, além de mais um espaço em frente ao prédio e outro na Av. Rio Branco.

O superintendente do Sebrae/PE, Francisco Saboya, fala um pouco sobre a retomada e importância desse grande evento: “estamos com uma expectativa muito grande. O Recife traz mais essa missão para a cidade e para todo o Brasil, no sentido de disponibilizar o espaço público como um ambiente de experimentação, seja de inovação tecnológica, indústrias criativas, empreendedorismo. É o pensar na cidade com a população. Por isso, a expectativa é que o Rec’n’Play este ano bata todos os recordes e mostre para todo o País que é possível fazer mais para a cidade e para as pessoas que vivem na cidade”.

Programação do Sebrae no Rec’n’Play

Ao entrar no edifício Apolo 235, logo no hall do prédio, os participantes vão conferir diversas atividades do Sebrae durante os quatro dias. Das 10h às 12h, serão discutidos aspectos quanto ao ecossistema de inovação que serão divididos da seguinte forma: no dia 16 será discutido sobre como estruturar ecossistemas de inovação; no dia 17 será trabalhado o olhar do ecossistema para a saúde; no dia 18 será discutida a temática educacional e no dia 19 as atenções serão voltadas para a vertical do agronegócio.

Cada temática será abordada por especialistas pernambucanos, junto com profissionais de referência de outras regiões, e são esperadas pessoas interessadas em desenvolver suas startups ou que já tenham, além de lideranças do nosso ecossistema que estejam presentes no evento. Já das 12h15 às 14h15, também durante todos os dias, tem início o momento de Networking, depois das apresentações. Vários agentes dos ecossistemas de inovação vão poder exibir suas ações, que serão projetadas em um telão, onde poderão compartilhar suas experiências e gerar novas conexões, como por exemplo o Hub Canoa Grande de Igarassu, que está estruturando uma governança de inovação local para fomentar inovação no município.

Entre os dias 16 e 18, os visitantes do festival vão poder conferir, das 14h30 até 16h30, bate-papos que envolvem temáticas como: “Inovação em grandes corporações: de dentro pra fora, porque a diversidade é essencial nesse processo”; “Mulheres líderes de startups” e “O olhar da diversidade na criação de produtos”. E, das 16h45 às 18h45, os temas a serem abordados serão: “Estratégias de marketing que geram vendas”; “Global Bizz: aprendizados dos ecossistemas de inovação internacionais” e “Inteligência emocional para o sucesso dos negócios”.

Já em outro espaço do Apolo 235, desta vez no auditório, todos os dias, a partir das 10h, a programação vai seguir as fases da trilha de uma startup. Sendo assim, a cada duas horas, as palestras vão iniciar pela fase da Ideação, voltada para pessoas que estão descobrindo as grandes ideias e como trabalhá-las; vão seguir para a Prototipação, que é para quem já descobriu essas ideias, mas ainda não sabe como testá-las; chegando na fase Tração, para os grupos que já estão operando, mas querem melhorar as vendas; e fechando com a fase Escala, para aqueles que já vendem bem, mas querem expandir a atuação para outras cidades, estados e países.

E fechando a programação nos ambientes ocupados no Apolo 235, no espaço Louco, o Sebrae estará com a Startup Way Extreme, com programação das 10h às 12h e das 14h às 15h. As palestras acontecem nos dois primeiros dias e no dia 18 haverá mentoria para que as equipes produzam seus pitches, para uma apresentação final com a banca de avaliação, em um momento de prática.

Dando seguimento à programação, na frente do 235, o Sebrae/PE estará realizando ações em parceria com a Prefeitura do Recife. Os participantes que chegarem neste espaço vão receber orientações de como o cliente pode aparecer no Google, por meio de um processo interativo através de um painel para visualização; vão ter acesso a um estúdio com cenário para elaboração de fotos e vídeos; terão atendimento focado em um diagnóstico interativo de maturidade digital dos empreendimentos, além de atendimento voltado para o Instagram do empresário. Sem contar que será possível terem uma imersão, por meio de Realidade Virtual, nos living labs de salão de beleza, varejo de moda e restaurante, que o Sebrae/PE também está lançando neste mês de novembro em Serra Talhada, Recife e Petrolina, respectivamente.

Já em outra área, na Av. Rio Branco, o Sebrae estará com o espaço Cliente do Futuro, voltado para os futuros empreendedores. Este será um espaço dedicado para os jovens desenvolverem habilidades empreendedoras e socioemocionais, que precisarão para sua trajetória profissional. Com ferramentas e orientações, eles vão descobrir como desenvolver e potencializar suas soft skills. Lá eles também terão um espaço para expor suas ideias de negócios e compartilhar nas redes sociais.

SERVIÇO:

4ª edição do Rec’n’Play

De 16 a 19 de novembro

No Bairro do Recife

Inscrições: https://recnplay.pe/