Ceclin
jun 22, 2020 0 Comentário


Cidade de Pombos perdeu verba de quase R$ 1 milhão para reforma do hospital

Vereador lembra que gestão do ex-prefeito desprezou verba de reforma do hospital de Pombos

Por Lissandro Nascimento

Durante sessão ordinária no último dia 18 de junho, na Câmara de Vereadores da cidade de Pombos, no Agreste pernambucano, foi pautada ao assunto do momento: Coronavírus.

Contudo, nesse momento de pandemia em que todas as ações são voltadas à aplicação de dinheiro público no setor de Saúde, ocorreu quem afirmasse que havia abandono e desprezo na gestão do ex-prefeito Josuel Vicente.

O vereador Daniel Rogério da Silva – conhecido por Daniel da Igreja (eleito pelo PRB e atualmente no PSB), lembrou que na gestão passada Pombos perdeu uma verba no valor de R$ 980 mil para a reforma do Hospital e Maternidade Virgínia Colaço Dias, por intermédio de uma emenda parlamentar do deputado Federal Eduardo da Fonte (PP), emitida em 2014, e que em 2016, os recursos acabaram voltando aos cofres do Governo Federal após o grupo do ex-prefeito perder a eleição para o atual. “A antiga gestão de Josuel não executou o projeto de reforma do hospital e não teve interesse em dar a contrapartida de apenas R$ 20 mil. Abandonou o recurso e a verba caducou, voltando ao Fundo Nacional de Saúde (FNS)”, lembrou Daniel da Igreja, exibindo aos demais vereadores os documentos que comprovam a tramitação do recurso orçamentário.

O parlamentar fez questão de frisar que o compromisso com a Saúde pública de Pombos hoje é uma realidade com o Prefeito Dr. Marcos Ferreira (PSB). Daniel ainda parabenizou o atual prefeito em ter enviado o Projeto de Lei, que foi aprovado pela Casa, que assegura um aumento salarial de 10% para os profissionais da Saúde, em especial aos Agentes de Endemias, que estão na linha de frente ao combate à Covid-19. “Dr. Marcos deu 10% de aumento a esta categoria ano passado, e agora em 2020 mais 10%, totalizando uma valorização salarial de 20% para os Agentes de Saúde, cumprindo o que foi acordado”, explicou.

Sobre o momento em que a cidade de Pombos combate a pandemia da Covid-19, Daniel da Igreja afirmou durante a sessão na Câmara que se o único Hospital de Pombos tivesse utilizado 01 Milhão de Reais para sua reforma naquela época, hoje a rede municipal de Saúde estaria garantindo maior eficiência aos acometidos pela doença. “Todos nós estamos passando por essa pandemia de uma maneira muito difícil, mas a Prefeitura de Pombos vem demonstrando eficiência, apesar de que poderíamos dispor de um hospital em excelente condição”, concluiu.

BOLETIM

A Prefeitura de Pombos, através da Secretaria Municipal de Saúde, divulgou na segunda-feira (22/06), os números atualizados do boletim das vítimas acometidas pelo novo Coronavírus. Até o instante, 336 casos confirmados, porém com 215 pessoas recuperadas. A cidade sepultou 17 cidadãos com a doença. Há ainda 06 casos sob investigação.