• Ceclin
dez 15, 2010 4 Comentários


Cesáreas já representam quase a metade dos partos

Quase metade dos partos realizados no Brasil ocorre por meio de cesárea. Levantamento feito pelo Ministério da Saúde mostra que o porcentual da operação saltou de 38% para 47% entre 2000 e 2007. “É preciso encontrar novas opções para combater esse avanço. As ações realizadas até agora não mostraram eficácia esperada”, admitiu o diretor do Departamento de Análise de Situação de Saúde, Otaliba Libânio Neto.

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, associa a preferência da brasileira à cesárea a fatores como modismo, estética e rapidez. “Essa prática pode trazer uma série de problemas. Tanto para o bebê quanto para a mãe.”

O estudo apresentado ontem mostra, por exemplo, um aumento de crianças que nascem com baixo peso, um fator que risco para a mortalidade. No Sudeste, região com maior porcentual, 9,2% das crianças nasceram com menos de 2,5 quilos. Na região Sul, foram 8,7%. Os menores índices de baixo peso são registrados onde há menor número de cesáreas, no Norte e Nordeste.

O levantamento aponta para uma redução de 10% do total de nascimentos no País no período 2000-2008. Um fenômeno identificado em todo País, exceto na região Norte e registrado entre mães mais jovens. Os números mostram que o grupo etário entre 15 e 24 anos representam 93% dessa queda.

(Agência Estado)