Ceclin
set 24, 2015 0 Comentário


Cerca de 2.500 estudantes ficam sem transporte escolar em Palmares

12023009_1036812643025429_31787271_nDesde o início da semana passada, milhares de estudantes da rede pública estadual e municipal de Palmares, na Mata Sul, estão sem transporte escolar. Segundo os pais dos estudantes, o motivo da paralisação é um impasse no contrato entre a empresa prestadora do serviço e a Secretaria de Educação da Prefeitura local. Na última terça-feira (22), o secretário de Educação respondeu sobre a suspensão do serviço.

A Secretaria informou que o problema afeta cerca de 2.500 alunos da cidade e da zona rural. Os jovens contaram que o serviço foi paralisado desde semana passada. “Alguns alunos que têm condições acabam pagando a passagem do próprio bolso. Mas há os que não podem arcar com os gastos, como os da zona rural, que acabam sendo os mais prejudicados’’, lamentou um deles.

Em entrevista ao Portal PE10, o secretário de Educação Flávio Miranda afirmou que a suspensão do serviço é devido à crise enfrentada atualmente pelo Brasil. “Houve uma diminuição dos repasses do governo Federal e estadual ao município, o que impossibilitou a realização dos pagamentos à empresa que é responsável pelo transporte”. Ainda segundo o Secretário, o investimento com os ônibus terceirizados chegam ao valor mensal de 209 mil Reais, sendo esse valor dividido entre o governo Federal, Estadual e o município de Palmares, este último fica com a maior parcela. Ele disse que os pagamentos da empresa foram feitos até julho. Flávio informou que 51 ônibus eram disponibilizados, sendo 38 terceirizados. Com a paralisação, restaram apenas 13 ônibus para o transporte de cerca de 4.000 estudantes.

O gestor disse que não tem uma previsão de quando o serviço será normalizado e informou que está marcando uma reunião com a Secretaria Estadual de Educação juntamente com os órgãos competentes para buscar uma solução para o problema.