Ceclin
jul 01, 2020 0 Comentário


CEF de Limoeiro é alvo de bandidos e fica destruída após explosão

Crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (1º). Testemunhas contaram para a PM que bandidos chegaram em caminhonetes, atirando para o alto.

Por G1 PE

Uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF) foi alvo de bandidos fortemente armados na madrugada desta quarta-feira (1º), em Limoeiro, no Agreste do Estado, a cerca de 80 quilômetros do Recife. Moradores da cidade relataram ter ouvido sons de tiros e explosão. Imagens mostram que os caixas eletrônicos ficaram destruídos.

Agência da Caixa Econômica Federal, em Limoeiro, no Agreste de Pernambuco, ficou destruída após investida criminosa nesta quarta-feira (1º) — Foto: Reprodução/WhatsApp

Segundo a Polícia Militar (PM), a investida criminosa aconteceu por volta das 4h. A agência fica na Avenida Santo Antônio, na região central da cidade.

A Polícia Federal, responsável pelas investigações, apontou que toda a ação durou cerca de dez minutos. Ao menos 12 assaltantes participaram da investida. Eles chegaram à cidade em duas caminhonetes, sendo uma de cor preta e outra prata, além de uma moto dando cobertura para a entrada dos veículos na cidade.

Ainda de acordo com a PF, os bandidos, que estavam fortemente armados, se dividiram em dois grupos. Parte da quadrilha ficou fora da agência dando cobertura e o restante se dirigiu aos caixas eletrônicos. A explosão causada pelos artefatos danificou o teto e pelo menos quatro terminais eletrônicos da agência. Os criminosos levaram parte do dinheiro existente nos terminais, mas os investigadores não divulgaram valores. Após a explosão, a quadrilha deixou a agência atirando para o alto para intimidar a população local, colocando inclusive grampos na pista com o objetivo de furar os pneus das viaturas em uma possível perseguição, afirmou a PF.

Um inquérito foi instaurado. O Grupamento de Bombas e Explosivos da Polícia Federal foi acionado para fazer uma varredura no local e retirar com segurança qualquer artefato explosivo que possa não ter sido detonado.

O Batalhão Especializado de Policiamento do Interior da Polícia Militar foi deslocado para a localidade para intensificar as buscar e localizar os assaltantes. Ninguém havia sido preso até a última atualização desta reportagem. Em nota, a Caixa informou que está colaborando com as investigações e que detalhes do ocorrido ficam sob responsabilidade das autoridades competentes.