• Ceclin
ago 16, 2010 2 Comentários


Casa Diogo de Braga será reconstruída

A Câmara Municipal da Vitória de Santo Antão “Casa Diogo de Braga” será reformada e ampliada. A obra teve início no último dia 11/08 com prazo de término para agosto de 2011, onde será construída uma área de 859,17 M². Os recursos para a revitalização foram repassados pela Prefeitura Municipal através do duodécimo no valor de R$ 731.379,40.

Na semana passada foi homologada a licitação do projeto para a reforma e ampliação do prédio, feita pelo Presidente da Câmara de Vereadores Mano Holanda.
A empresa responsável pela obra é a Construtora e Incorporada Metropolitana LTDA. A frente das obras estão os Engenheiros Civis Sérgio Matias da Silva e José Flávio Bezerra, já na parte do projeto Arquitetônico, a Arquiteta Lavínia de Vasconcelos Xavier Coelho.

Segundo o Presidente da Casa Diogo de Braga, Manoel de Holanda (PMDB), houve algumas reformas que foram realizadas por alguns dos Ex Presidentes da Câmara de Vereadores da Vitória, mas hoje em sua gestão não haverá uma reforma, segundo ele, será construído um novo prédio, sendo esse mérito de todos os vereadores que integram a Câmara Municipal.

“Meus companheiros sempre tem me apoiado e me ajudam para que cada vez mais eu possa contribuir para todo o Município, e eu posso compartilhar essa grande Vitória com eles. Iremos começar um trabalho com mais de 50% do dinheiro previsto pela obra em caixa, onde entraremos com o pé no chão. Solicitamos a empresa que ficou responsável pela construção do prédio dois pedidos. O primeiro que pegasse toda mão de obra da cidade e a outra que comprasse todo material no comércio local. Assim possamos alavancar a economia vitoriense”, ressaltou o vereador.

“Estamos fazendo duas parcerias. Tudo que for tirado da Casa Diogo de Braga, em portas, janelas, grades, enfim todo material, será repassado à Secretaria de Desenvolvimento Social, para que com este gesto da Câmara Municipal, socorra as pessoas de maneira mais efetiva que foram atingidas pelas fortes chuvas no mês de junho, também iremos manter uma parceria entre a Câmara e o Presídio da Vitória, para que possamos inserir dentro da sociedade pessoas que já obtêm o direito de sair e estão lá penadas, para que possam trabalhar nesta obra. Então isso são duas coisas que estão em nosso alcance social”, finalizou Mano Holanda.

Por Emerson Lima.