Ceclin
maio 14, 2010 2 Comentários


Caruaru terá 500 casas do Minha Casa, Minha Vida

CLARICE COSTA

ASSINATURA do convênio entre a prefeitura e a Caixa Econômica ocorreu ontem

A Prefeitura de Caruaru assinou, na manhã de ontem, convênio com a Caixa Econômica Federal para a construção das 500 primeiras casas do programa do Governo Federal Minha Casa, Minha Vida na Capital do Agreste.

As unidades residenciais custarão mais de R$ 18 milhões e devem ficar prontas em um ano. “Nós temos uma história de preocupação com a carência de moradia”, lembrou o prefeito José Queiroz.

As casas, com 40,21 metros quadrados, têm dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço e custarão R$ 37 mil cada. Das 500 residências, 15 serão construídas de acordo com os parâmetros da acessibilidade, com portas mais largas, banheiro adaptado e rampas de acesso.

O conjunto habitacional terá quadra de futebol, área de lazer com brinquedos de alvenaria e concreto, além de mesas e bancos de concreto/granito artificial e área verde. O projeto de construção é de responsabilidade da Multitécnica Engenharias e Multiserviços Ltda e foi batizado de Residencial Juiz Demóstenes Batista Veras, em homenagem ao magistrado que se tornou símbolo da Justiça na cidade.
O terreno escolhido para construção das casas estava sendo decretado como de utilidade pública pela prefeitura e seria direcionado para um outro projeto.

O projeto contempla as 500 primeiras unidades de um total de 1,5 mil que beneficiarão famílias com renda de até três salários mínimos, ou seja, a soma dos salário dos membros da família não pode ultrapassar R$ 1.395.

A prestação será baseada em 10% dessa renda e o valor mínimo não poderá ser menor que R$ 50, com financiamento estimado em 120 meses.
“A assinatura desse convênio que beneficiará famílias carentes não poderia ocorrer em período melhor, já que estamos no mês de aniversário de Caruaru, que está se preparando para se tornar uma referência de cidade”, frisou o superintendente Regional da Caixa Econômica Federal, Alex Norat, lembrando que o Governo Federal conseguiu a liberação de cerca de R$ 34 bilhões para o Programa Minha Casa Minha Vida em todo o País.
(Folha de Pernambuco).