Ceclin
dez 12, 2011 24 Comentários


Candidatos que investiram pesado na mídia se elegem para o Conselho Tutelar de Vitória

Após apuração encerrada por volta das 3h30 da madrugada desta segunda-feira (12), o resultado da eleição para as cinco vagas do Conselho Tutelar realizada nesse domingo no Colégio Municipal 03 de Agosto, Centro da Vitória de Santo Antão, confirmou o favoritismo daqueles que investiram pesado nos recursos materiais e de publicidade.

Em uma eleição recheada de impasses jurídicos, pelo qual terminou sendo provocado o seu adiamento pelo Comdica, órgão responsável por organizar o pleito, o Juiz Fernando Raposo, da Comarca de Vitória, havia decidido pela sua manutenção em uma decisão proferida na tarde da última sexta-feira. Tudo em razão de ter havido descumprimento de prazos no tocante ao processo eleitoral que acabou suscitando um pedido de liminar de candidatos que não atingiram a média de aprovação nas provas aplicadas pelo órgão.

Dos três candidatos que tentavam a reeleição para o Conselho Tutelar, apenas dois, Irmã Deia (a primeira colocada) e Armando Macedo (terceiro) confirmaram a renovação de seus mandatos. Filhos de ex-vereadores, Betânia de Barros (filha de Manoel do Oiteiro) e Alex Bezerra (de Baixa Emiliano), superaram na expectativa de votos. Tendo o apoio das principais mídias da cidade e do grupo político do PSB local, o comunicador Jota Santos garantiu sua vaga como segundo colocado na disputa. 

Tendo iniciado com atraso após às 9h do domingo (11), a eleição chegou a ter um pequeno tumulto pelo fato da logística instalada no prédio não estar organizada. Em um processo de votação “jurássico”, os eleitores, totalizando 5.756, enfrentaram grandes filas e depositaram seus votos em cédulas de papel, o que dificultou a agilização da votação e sua respectiva apuração. O comparecimento ficou bastante aquém daqueles números registrados em eleições passadas, resultado de um esquema de desmobilização e de desconfiança perceptíveis junto a população, pelo qual acompanhou toda a polêmica que foi gerada pelo processo eleitoral.

De modo que se sobressaiu aqueles que contaram com uma estrutura digna de uma campanha para vereador. Foi a lição que ficou. Confira os eleitos e seus suplentes…

ELEITOS:

Irmã Deia – 1 603 votos

Jota Santos – 1 540 votos

Armando – 1 386 votos

Betânia – 1 336 votos

Alex Bezerra – 1 108 votos.

Suplentes:

Socorro da Saúde – 974 votos

Gilberto Lima – 926 votos

Joselito – 911 votos

Júnior do Gás – 896 votos

Danilo Barros – 812 votos.