Ceclin
out 10, 2012 0 Comentário


Candidatos ainda têm obrigações a cumprir com a Justiça Eleitoral

do G1

Passada a eleição no último domingo (7), muitos candidatos ainda têm obrigações a cumprir com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e a justiça eleitoral, que precisa julgar mais de quatro mil casos que estão pendentes em todo o Brasil.

O secretário de Tecnologia do TRE-PE, Acácio Leite, explicou que muitos casos estão em julgamento e ainda serão analisados. Alguns candidatos que aparecem “zerados” foram, sim, votados. Eles tiveram a votação anulada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) – a exemplo do candidato a prefeito de Água Preta Armando Souto (PDT).

“No caso de Água Preta, temos um candidato que está indeferido, só que recorreu ao TSE e aguarda o julgamento. A previsão é de que, até a diplomacia dos eleitos, ou seja, até o final do mês de dezembro, todos esses casos sejam julgados”, comentou Acácio Leite.

Obrigações

Já que as eleições terminaram em Pernambuco, todos os candidatos, incluindo os que não foram eleitos, ainda têm duas obrigações com a Justiça Eleitoral. Até o dia 6 de novembro, eles devem apresentar a prestação de contas e limpar a cidade – retirar bandeiras, cavaletes, cartazes, placas e pintar os muros com propaganda eleitoral.

Os eleitores que deixaram de votar também têm um compromisso. Quem estava no exterior tem 30 dias para justificar o voto a contar da data de retorno ao Brasil. Quem estava no País, 60 dias depois da votação.