Ceclin
nov 10, 2020 0 Comentário


Candidatos a prefeito de Escada e vice-prefeito de Carpina são alvos de tiros

Na manhã desta terça-feira (10/11), o candidato a prefeito do Município de Escada, Klaus Lima (PSB) foi alvo de um atentado na própria cidade. Ele foi baleado e um dos tiros atravessou o braço direito. No momento, o candidato encontra-se internado no Hospital Memorial São José, no Recife, e o estado de saúde é estável. Ele está sendo submetido a exames para os médicos avaliarem o melhor procedimento cirúrgico a ser realizado.

“Repudiamos qualquer tipo de violência, pregamos uma cultura de paz e de convivência civilizada na nossa cidade. Esse atentado é um crime contra a vida e contra a democracia. Esperamos que as autoridades competentes tomem as devidas providências para que esse crime seja investigado e o culpado punido conforme a lei”, diz a nota do PSB.

Klaus se encontrava no bairro da Pracinha e se direcionava a uma atividade política de campanha na zona rural quando dois indivíduos em uma moto dispararam um tiro na caminhonete em que eles se encontravam.

Na noite anterior, outro incidente mostrou que o clima político na cidade está bastante acirrado. Um dos organizadores do comitê do PSB teve a sua moto quebrada e foi agredido por um dos seguranças ligados à candidata Mary Gouveia (PL). O caso foi parar no 21º Batalhão da Polícia Militar em Vitória de Santo Antão. A ocorrência foi feita e o agressor foi liberado após pagamento de fiança.

Por sua vez, o Partido Social Cristão (PSC) repudia de forma veemente outro atentado sofrido por um candidato nas Eleições Municipais 2020. Diogo Prado, que disputa o cargo de vice-prefeito de Carpina, interior de Pernambuco, teve o carro alvejado por pelo menos seis tiros na madrugada da segunda-feira (09/11). Conforme declarou à Polícia, Diogo seguia pela BR-408 em direção a Recife quando foi abordado por outro veículo após abastecer em um posto de combustível na cidade de Paudalho. Ele não se feriu.

“Tentar calar as vozes da democracia é uma atitude abjeta, que exige, por parte das autoridades competentes, uma apuração rápida e uma punição exemplar dos culpados. Toda direção nacional do partido se solidariza com Diogo Prado e acompanha com atenção as investigações conduzidas pela Polícia Civil de Pernambuco”, transcreve a nota.