Ceclin
out 07, 2012 0 Comentário


Candidato a prefeito de Gravatá é abordado após denúncias de compra de votos

Do NE10

Um dos candidatos a prefeito do município de Gravatá, localizado no Agreste de Pernambuco, prestou depoimento na noite do sábado (6), no cartório eleitoral, por suspeita de crime eleitoral.

Segundo a polícia Civil, Joaquim Neto (PSDB) estava no bairro do CAIC, quando foi abordado após denúncias de suposta tentativa de compra de votos. O candidato foi ouvido no cartório e liberado em seguida, não sendo constatado nenhum crime contra ele.

Ainda segundo a polícia, o candidato não estava com nenhuma quantia ou objeto que justificasse as denúncias.