Ceclin
fev 03, 2020 0 Comentário


Camisas do Abra o Olho à venda por R$ 8, avisa SINDSEP-PE

Camisas do Abra o Olho 2020

A camisa do Abra o Olho já está à venda, na sede do Sindsep-PE Recife, por R$ 8 (oito Reais). Não perca tempo e garanta já a sua. Quem comprar a camisa terá direito à água gratuita durante o evento, além de bebidas e comidas disponíveis no local a preço de custo. O bloco será na sexta-feira, 21 de fevereiro, com orquestra de frevo. A concentração começa às 14h, no estacionamento Ceparks, localizado na rua da Guia, nº 81, com entrada também pela Rua do Apolo, em pleno bairro do Recife.

O Abra o Olho trouxe uma série de novidades este ano. Além da concentração em estacionamento particular, guardado por muros, com seguranças particulares, banheiros e ambulância de plantão, o bloco vai desfilar pelas ruas do Recife Antigo. “O cortejo será breve, mas o suficiente para abrir alas para os festejos de momo e saudar o nosso arnaval do Recife, que é o melhor do Mundo”, diz o coordenador geral do Sindsep-PE, José Carlos de Oliveira.

Em 2020, o Abra o Olho traz como tema Eles querem destruir, nós vamos resistir! “Este ano o bloco traz um grito de resistência contra as mazelas desse desgoverno, que vem sucateando o serviço público, achatando os nossos salários e tirando nossos direitos”, explica José Carlos de Oliveira.

Tema

Como acontece ano a ano, o Abra o Olho volta a trazer um tema político para o Carnaval do Recife.   Com Eles querem destruir! Nós vamos resistir!, o bloco de Carnaval faz uma crítica à política de desmonte do serviço público e do Brasil por parte do governo Bolsonaro e, ao mesmo tempo, defende a resistência como forma de luta.

O Governo Jair Bolsonaro continua espalhando a mentira de que existem muitos servidores públicos, ganhando altos salários, e de que o setor público dá prejuízo ao país. Ora, o percentual de empregados no setor público brasileiro, nos três níveis, é de apenas 12,1%, enquanto nos países desenvolvidos, segundo a OCDE, é de mais de 20%.

“Além disso, a base dos servidores, ou seja, a grande maioria desses trabalhadores, ganha salários baixos que estão defasados há anos. O que tem que ser esclarecido para a sociedade, que usa o serviço público desde a hora que nasce, é que eles querem entregar os serviços públicos nas mãos dos grandes empresários que irão lucrar muito em cima dos brasileiros. Desta forma, grande parte da população, os mais pobres, deixará de ter acesso a serviços básicos”, comentou José Carlos de Oliveira.

APOSENTADOS

Esta semana, a direção e o Núcleo dos Aposentados e Pensionistas do Sindsep realizarão uma série de assembleias para repassar os informes nacionais do setor e eleger delegados para seminário estadual, a ser realizado no final de março. A primeira assembleia será em Petrolina, dia 3, às 9h, no Centro Social Pio XI. No dia 04, às 9h, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Salgueiro. No mesmo dia, às 16h, no Dnocs de Serra Talhada. No dia 5, às 9h, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Custódia. No mesmo dia, às 14h, no Dnocs de Ibimirim. No dia 6, no Dnocs Arcoverde, às 9h. Também dia 6, às 15h, na Subsede do Sindsep em Garanhuns. Para fechar a semana, dia 7, às 9h, no Salão Paroquial da Igreja de São Pedro, em Belo Jardim. E, às 15h, na Subsede do Sindsep em Caruaru.

Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Pernambuco – SINDSEP-PE