• Ceclin
mai 23, 2012 1 Comentário


Câmara modifica resolução do TSE que impede a candidatura de quem teve prestações de contas eleitorais rejeitadas

Uma resolução do TSE aprovada há pouco mais de 30 dias tornando inelegíveis pessoas que não prestaram contas da campanha eleitoral de 2010 começou a ser derrubada pelo Congresso Nacional.

Ontem, a Câmara aprovou um projeto de autoria do deputado Roberto Balestra (PP-GO) revogando esta decisão. O projeto seguirá agora para o Senado, onde deve passar sem dificuldades.

Segundo ele, os candidatos deverão apresentar à Justiça Eleitoral as prestações de contas da campanha para que elas sejam apreciadas.

Fazendo isto, a elegibilidade estaria garantida, mesmo que as contas sejam rejeitadas.