Ceclin
mar 02, 2013 17 Comentários


Câmara de Vitória entrega a sociedade Brasão restaurado

Fotos: Flávio Fox /AVV Imagem.

O Brasão de Vitória de Santo Antão, utilizado em todos os documentos oficiais, passou recentemente por uma restauração para resgatar sua qualidade técnica. Ele foi redesenhado em cima do original, feito pela equipe do publicitário vitoriense Romero de Deus da Ponto Comunicação que apresentou o novo visual em uma Sessão Solene promovida pelos Vereadores na noite da quinta-feira (28), no Teatro Silogeu. A solenidade foi bastante prestigiada por parte da Imprensa local, representantes da sociedade civil organizada, instituições públicas e privadas. O Brasão criado por Lei em 1972, aparecem as figuras de dois leões e do Monte das Tabocas, o que na época representava a fusão de um elemento libertário e histórico.

O selo (brasão), é usado em documentos e papéis impressos pelos Poderes Executivo e Legislativo da cidade de Vitória e ilustra símbolos ligados à cultura e história vitoriense, como ramos e as armas usadas pelas três raças na Batalha, a cruz Malta lembrando de nossas origens, o sol e datas históricas relevantes, como a Batalha do Monte das Tabocas (1645) e a elevação de Vila à Cidade (1843).

O publicitário apresentou um redesenho do Brasão, garantindo todo o significado histórico da peça, sua originalidade e permitindo ganhos visuais de seus valores. O Brasão não teve seus símbolos alterados, mas sim melhorados valorizando os significados históricos e acompanhando a evolução histórica da cidade, sem perder sua essência. Na oportunidade, foram apresentados ainda as peças publicitárias que serão usadas pela atual gestão e o Portal Oficial da Câmara na internet.

O presidente da Casa, Edmo Neves (PMN), ressaltou nesta sessão solene seu compromisso em fazer um trabalho diferenciado das antigas gestões do Legislativo vitoriense, garantindo que os projetos são votados agora com transparência, lembrando que antes alguns foram aprovados às escuras.

“Esta restauração do Brasão oficial influenciará um modelo de gestão na Câmara comprometida com a população, tanto visual quanto de postura. Buscando o resgate de nossos valores, o respeito e o serviço para o povo com absoluta transparência. A Câmara de Vitória não será mais uma Casa que trabalha por encomendas, as Leis serão construídas pelo debate dos parlamentares com a sociedade, com o povo de Vitória”, enfatizou Edmo Neves.