Ceclin
ago 08, 2009 1 Comentário


Câmara de Vereadores de Pombos aprova requerimentos

A Câmara de Vereadores da cidade de Pombos na noite da quinta feira (06) em mais uma Sessão Ordinária aprovou projetos e requerimentos oriundos do próprio Poder Legislativo.

Como é de costume a população sempre comparece para verificar de perto a atuação dos vereadores eleitos com voto popular.

Com a ausência justificada dos vereadores Genário da Pedreira (PSB), Neide de Roque (PMN), e Pirraia do Feijão (PR).

Por não ter nenhum projeto oriundo do Executivo, foi apresentado para votação apenas quatro requerimentos da própria Casa.

O primeiro requerimento de autoria do vereador Murilo (PR), solicitando da gestão municipal a criação de um centro de tratamento para dependentes químicos.

Justificando que o objetivo seria o de tratar e apoiar jovens e adultos que sofrem com a dependência das drogas e do preconceito que tão grave problema acarreta para o mesmo e seus familiares.

Também de autoria do mesmo vereador o requerimento que solicita da Gestão Municipal apoio para as Igrejas Evangélicas da Cidade vinculando seus eventos, bem como os menos favorecidos assistidos por cada uma delas.

A presente solicitação, segundo o parlamentar, visa dar apoio a sociedade evangélica que em muito trabalha em favor da paz e da harmonia entre as pessoas.

De autoria do vereador Beto da Ambulância (PR) os requerimentos que solicitam que a Prefeitura de Pombos junto aos órgãos competentes viabilizem a construção de um viaduto de retorno na altura da PE 58 e uma via local para acabar com os transtornos dos motoristas do município que sentem dificuldades em rodar nas imediações da BR 232 que não tem uma via local para transitar.

Outra solicitação do vereador foi para que a Prefeita faça um projeto de lei obrigando os donos de terrenos na área urbana que os mantenha limpos, cercados ou murados, evitando que os mesmos se transformem em depósitos de lixo. Causando assim mau cheiro e infestações de ratos e insetos nocivos, que levam riscos à saúde da população, sugerindo também que em caso de descumprimento da lei houvesse multas pesadas.

Após os comentários sobre os requerimentos, os mesmos foram aprovados por unaminidade finalizando assim o grande expediente.

No tempo livre os vereadores comentaram os requerimentos e deram atenção especial ao requerimento que pede a criação de um centro de tratamento de dependentes químicos, pois a cada dia que passa cresce o número de pessoas que sofrem com a dependência de drogas e não tem um tratamento adequado devido a escassez de centros apropriados de tratamento.

Finalizando a Sessão, o presidente da Câmara, Marcos de Porteira (PCdoB), marcou outra para a próxima quinta feira.

Por Orlando Leite.