Ceclin
jul 10, 2009 3 Comentários


Calmaria na Câmara de Pombos

Após a chamada nominal de seus componentes realizada pelo 1º secretário Beto da Ambulância e da leitura da ata da Sessão anterior feita pela Secretária da Casa a senhora Isa, após a mesma ter sido aprovada por todos os presentes, o Presidente da Câmara de Vereadores da cidade de Pombos – Marcos de Porteira (PCdoB), declarou aberta a Sessão desta quinta-feira (9) e explicou ao público presente que excepcionalmente nesta noite por motivo de força maior não seria votado nenhum projeto novo.

Os trabalhos da noite foram dirigidos em leituras de requerimentos que serão apresentados na próxima Sessão. Após a leitura dos requerimentos, os vereadores Murilo e Beto da Ambulância fizeram uso da tribuna para prestar esclarecimentos a população e requerer melhorias que venham a contribuir para o conforto e segurança de seus munícipes.

Em momento mais exaltado o vereador Beto da Ambulância fez um protesto contra a administração do ex Governador Jarbas Vasconcelos (PMDB) que recusou o pedido de reestruturação da PE que corta a cidade de Pombos em direção da extinta Usina Nossa Senhora do Carmo, afirmando que ele não se pronunciou a favor do projeto por falta de interesse, pois na época a Usina já estava em processo de falência e sabia que não iria reder votos para o seu partido e que meses depois gastou uma verdadeira fortuna fazendo o asfalto de Vitória a Pirituba.
Ressaltou que na próxima eleição ele e sua equipe retornarão a Pombos para pedir votos e a população, segundo ele, com certeza se lembrará do desprezo dado por ele ao Município.
Encerrado os trabalhos, o Presidente da Câmara Marcos de Porteira declarou encerrada a Sessão e convocou a próxima para o dia 16 de julho (próxima quinta-feira).
Estiveram presentes nesta Sessão os vereadores Genário da Pedrteira, Pirraia do Feijão, Murilo, Marcos de Porteira, Beto da Ambulância, Chalegre, Dr. Márcio e a representante da classe feminina a vereadora Neide de Roque.

Por Orlando Leite.