• Ceclin
out 31, 2019 0 Comentário


Boa Notícia: Outubro não registra homicídio em Vitória de Santo Antão

CELEBRAÇÃO - Precisamente faz 41 dias na quinta-feira (31/10) que Vitória não registra CVLI. Foto: Arquivo

CELEBRAÇÃO - Precisamente faz 41 dias na quinta-feira (31/10) que Vitória não registra CVLI. Foto: Arquivo

Por Lissandro Nascimento

Um fato inédito ocorre em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata pernambucana, quando o Município não teve assassinato registrado oficialmente no mês de outubro de 2019. Os indicadores de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI´s) vêm registrando queda nos últimos anos, sobretudo quando apontou que de janeiro até o último mês de setembro deste ano foram registrados 69 homicídios em Vitória, segundo dados do site da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE).

Precisamente faz 41 dias nesta quinta-feira (31/10) que Vitória não registra CVLI, tendo em vista que o último homicídio se deu no Sítio Uruba, situado em sua área rural, no último dia 20 de setembro.

Homicídios em Vitória de Santo Antão 2019

Vitória, segundos dados da SDS-PE, contou com o mês de abril como o mais violento desse período, obtendo 15 homicídios (conforme tabela acima).

Confira os principais crimes ocorridos nos três últimos meses: 

José Fernando Anísio da SilvaDESAPARECIDO

Um corpo foi encontrado em estado de decomposição na tarde da terça-feira (29/10), entre os bairros de Barra de Santana/Militina, perímetro urbano da Vitória de Santo Antão. A Polícia Civil identificou como José Fernando Anísio da Silva, de 40 anos (foto), que estava desaparecido há 10 dias, segundo reclamação de parentes. A Delegacia local registrou a ocorrência anotando “morte a esclarecer”, quando só o laudo cadavérico que será emitido pelo Instituto de Medicina Legal (IML), atestará a causa da morte.

BALEADO

No dia 07 de outubro tombou na Rua Cabo Graciliano, bairro Matriz, em Vitória de Santo Antão, José Roberto Ferreira da Silva, 28 anos, que foi alvejado no braço por disparos de arma de fogo na comunidade de Dr. Alvinho. Inconsciente, ele foi socorrido para o Hospital João Murilo e depois transferido para o Hospital Otávio de Freitas (HOF) área central do Recife. Beto, como era conhecida a vítima, sobreviveu a investida criminosa. No dia 11 surgiu a notícia de que ele não resistiu, porém a mãe de Beto confirmou na Delegacia de Vitória de que ele não mais corria risco de morrer.

SÍTIO URUBA

Um crime de morte foi registrado no dia 20 de setembro. Severino Romão dos Santos foi assassinado a tiros. Conhecido por Biu Pequeno, possivelmente foi alvo de um acerto de contas no Sítio Uruba, área rural de Vitória. Nada da vítima foi levado, descartando crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

LATROCÍNIO

A Polícia Civil já detém uma linha de investigação para o crime de morte que vitimou um rapaz de 21 anos em Vitória. Mikael Adonay dos Santos Silva foi executado com vários disparos de arma de fogo numa localidade conhecida como Itamataquará (Bairro Nobre II), no dia 15 de setembro. Segundo informações, o autor do crime teria levado a motocicleta e o relógio da vítima, configurando assim um crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

TIRO DE ESPINGARDA

Uma tentativa de homicídio envolveu uma mulher de 57 anos no dia 09 de setembro, em Vitória de Santo Antão. Sônia Pedro da Silva foi atingida no ombro e no tórax por disparos de espingarda. Segundo informações, os tiros teriam sido efetuados por um sobrinho da vítima, Luiz Eduardo Lima da Silva, 21 anos, conhecido por “Nino”. Ele foi conduzido ao Departamento de Polícia da Mulher da cidade, onde foi preso em flagrante. A vítima foi socorrida para Emergência do Hospital João Murilo e depois transferida para o setor de traumas do Hospital da Restauração, área central do Recife.

FERIADÃO

Dois homicídios foram registrados em Vitória durante o feriado de 07 de setembro (Independência). O primeiro crime teria ocorrido no bairro do Iraque (Conceição II), enquanto a segunda ocorrência de morte foi no bairro Alto Nossa Senhora do Amparo. Darlan Alves da Silva, 21, que morava no bairro Alto da Balança, teria sido morto com disparos de arma de fogo próximo de um campo de futebol existente na localidade de Doutor Alvinho.

Outro fato foi de um homem, cuja identidade não foi repassada, que foi morto com vários disparos de arma de fogo. O crime aconteceu próximo do Parque de Exposições de Animais, situado no bairro do Iraque II, periferia da cidade.

SATANÁS

Uma pessoa morreu e outra ficou ferida durante investida criminosa na noite do dia 27 de agosto, em Vitória. A vítima fatal foi identificada como Oscar José Neto, vulgo “Satanás”, 19 anos, que foi atingida com disparos de arma de fogo na cabeça e nas costas. O crime ocorreu no Loteamento de Bau, área urbana da cidade. Na investida, outro rapaz foi socorrido para Emergência do Hospital João Murilo e é acusado de estar envolvido com outra vítima em assaltos praticados no Sítio Galileia, zona rural do Município.

ESFAQUEADO

Morreu no Hospital da Restauração (HR), área central do Recife, um homem de 38 anos que havia sido esfaqueado próximo a Igreja da Matriz de Vitória no dia 24 de agosto. Marcelo Emídio da Silva foi inicialmente socorrido para a Emergência do Hospital João Murilo, mas por conta da complexidade dos ferimentos foi removido para o HR.

DUPLO HOMICÍDIO

Na madrugada do dia 23 de agosto um duplo homicídio foi registrado no Loteamento Real de Vitória. Dois homens, identificados como José Robson da Silva Nascimento, e Wellington de Santana Silva, foram executados com disparos de arma de fogo dentro de uma residência que foi invadida pelos criminosos. Uma mulher, identificada como Edvânia Conceição do Livramento, 23 anos, também foi baleada e socorrida para o Hospital João Murilo.

ENGENHO RIBEIRÃO

Um crime de morte foi registrado no dia 19 de agosto em terras do Engenho Ribeirão, zona rural de Vitória. Maurício Cipriano Demésio, 22 anos, que morava em Jussaral, Distrito do Cabo de Santo Agostinho, tem o seu caso investigado pela Delegacia local.

JOVEM ESFAQUEADO

No dia 14 de agosto um jovem chamado André Felipe foi esfaqueado após uma discussão na Rua André Vidal de Negreiros, no Centro de Vitória. De acordo com a vítima, esta se desentendeu com um rapaz que lhe desferiu o primeiro golpe de faca peixeira deixando-o cair ao chão, logo, foi golpeado mais três vezes. O agressor fugiu e André Felipe foi socorrido ao Hospital João Murilo de Oliveira.

 SAIBA TAMBÉM:

Nos últimos 10 meses, Primavera é o lugar com menos homicídios na Mata Sul

-  Cidade do Moreno vem registrando queda em número de homicídios 

- Confira as últimas ocorrências de homicídios em Gravatá