Ceclin
ago 27, 2009 0 Comentário


Belchior é procurado por não pagar pensão

Publicado em 27.08.2009

SÃO PAULO – Uma ação judicial no valor de quase R$ 100 mil pode ajudar a explicar o desaparecimento do cantor e compositor Belchior, 62 anos. É a quantia pedida pela ex-mulher, Ângela Belchior. Mãe de dois filhos dele, ela reivindica o pagamento de meses atrasados de pensão alimentícia.
O processo corre na 8ª Vara da Família do Tribunal de Justiça de São Paulo. Um edital, de 19 de junho deste ano, comprova a dívida que passa de R$ 25 mil referente aos meses de setembro a novembro de 2008. Mas o valor total da ação é R$ 99.600,00. Antonio Carlos Belchior é citado como “réu em lugar incerto e não sabido”.
O desaparecimento do cantor deixa um rastro longo de dívidas, já que Belchior deixou também o flat em que se hospedava, em São Paulo, sem pagar a conta. Um carro do cantor, um Sonata, da Hyundai, foi abandonado por ele em 20/10/2008 no estacionamento do Aeroporto de Congonhas. O valor para a retirada do carro do pátio já excede R$ 18 mil.
O advogado de Ângela, Leonardo Scatolini, afirmou que o processo corre em segredo de Justiça e, portanto, não se pronunciaria. Foi a família do cantor que deu início à procura. Em reportagem do Fantástico no domingo, parentes alegaram que ele estaria sumido há dois anos. Mas imagens de vídeo revelam que ele subiu ao palco ao lado de Tom Zé em um show em abril.Há alguns dias, um promotor disse que teria visto Belchior no Uruguai. Ontem, um sobrinho falou a uma rádio cearense que ele estaria em Itapipoca (CE).
(Jornal do Commercio).