• Ceclin
ago 01, 2014 0 Comentário


Bancários querem aumento de 12,5%

Folha PE

Até o próximo dia 10 de agosto, o Comando Nacional dos Bancários, responsável pela Campanha Salarial 2014 da categoria, deve entregar a pauta de reivindicações à Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Após a entrega, será marcado o calendário para negociação, que deve perdurar por todo o mês de agosto. Entre os pedidos dos bancários, estão o aumento em 12,5% do salário, a valorização do piso salarial no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 2.979,25 em junho), defesa do emprego, fim da terceirização e combate às metas abusivas e ao assédio moral.

“Estamos muito otimistas com relação à conquista das nossas reivindicações”, afirma a presidente do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, Jaqueline Mello. Apesar da confiança em que a categoria irá conseguir alcançar o que quer, Jaqueline não descarta a possibilidade de greve, mas diz que “no momento, ainda não estão (os bancários) falando sobre o assunto”. Ela informa que a categoria também irá realizar o lançamento da Campanha Salarial 2014, que contará com mobilizações em frente aos bancos para divulgar a pauta.

“Entre as exigências da pauta, estão itens que interessam bastante à população”, disse Jaqueline, referindo-se ao pedido de contratação de mais funcionários (tendo em vista as grandes filas que se formam), de um atendimento mais seguro e da diminuição das tarifas bancárias. Em nota, a Assessoria de Imprensa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que não irá se pronunciar até receber a pauta de reivindicação.