• Ceclin
out 23, 2010 0 Comentário


Baile arrecada verba para crianças especiais em Gravatá

Do Jornal do Commercio

O Serviço de Estimulação e Reabilitação da Criança de Gravatá (Serc), entidade que ajuda 300 crianças e adolescentes com necessidades especiais, luta para construir nova sede e ampliar o atendimento. A instituição recebeu terreno de 15 mil metros quadrados da prefeitura e vai realizar baile beneficente para arrecadar recursos para as obras. O evento será realizado no dia 20 de novembro.


A instituição foi fundada em 1988 por iniciativa de Maria das Dores Brito, mãe de um portador de deficiência motora e atual diretora do Serc. Sem local de trata
mento adequado, ela uniu pessoas interessadas na mesma causa. Baseada em um trabalho semelhante no Rio de Janeiro, as famílias buscaram capacitações e o trabalho foi sendo desenvolvido.


Em 1991, a entidade conseguiu a doação de um terreno para a construção da sede. Em 1992, com recursos do Unicef, começou a construção das instalações. Naquela época, cerca de 50 crianças eram beneficiadas. Atualmente, a entidade conta com 34 funcionários, dos quais 17 são cedidos pela prefeitura. São fisioterapeutas, fonoaudiólogas, terapeutas ocupacionais, psicólogos e pedagogos.


Mesmo com o apoio da prefeitura e de entidades, como a ONG holandesa Terra dês Hommes, a instituição precisa de colaborações e depende de voluntários. “A instituição vai funcionar na nova sede, onde há espaço para desenvolver mais atividades e terapias. A expectativa é que o número de atendidos chegue a 500”, diz Maria das Dores.


A festa começa a partir das 23h e terá como principal atração a Orquestra Fernando Borges. Os ingressos individuais custam R$ 20 e a mesa para quatro pessoas, R$ 80. Quem quiser ajudar, pode procurar o Serc, na Rua José Inácio da Silva, nº 71, Centro, ou entrar em contato pelo telefone (81) 3533.1233.