Ceclin
abr 26, 2017 0 Comentário


Audiência pública na ALEPE cobra Piso Salarial respeitando carreira do professor

teresaA Comissão de Educação e Cultura da Assembleia Legislativa de Pernambuco realizou uma audiência pública na manhã desta quarta-feira (26) sobre o cumprimento do Piso Salarial do Magistério (Lei 11.738/2008) e sobre o reajuste salarial dos professores e professoras em Pernambuco. A presidenta da Comissão de Educação e Cultura, deputada Teresa Leitão (PT), vai enviar um ofício para o Governo do Estado com os encaminhamentos da audiência, dentre eles, a exigência da aplicação do reajuste salarial, que já está com quatro meses de atraso.

Os presentes reclamaram que, além da falta de valorização dos trabalhadores em educação, as condições físicas das escolas deixam a desejar, com falta de material, acúmulo de estudantes em sala de aula e péssimas estruturas em diversas escolas. O Governo do Estado também será questionado sobre a aplicação dos repasses do MEC (Ministério da Educação) e sobre os recursos do Fundeb (Fundo de Valorização do Ensino Médio).

Em entrevista à imprensa, a deputada afirmou que o Governo do Estado deveria vincular o Piso Salarial dos Professores à carreira, agregando valores ao esforço do profissional por formação e por desempenho. “O Estado paga o piso para as faixas iniciais, mas a repercussão disso no desenvolvimento da carreira foi achatada por leis, infelizmente, aprovadas pela maioria governista nesta Casa”, lembrou.

Compareceram representantes de sindicatos de trabalhos em educação, Conselho Estadual e Fórum Estadual de Educação, além de professores e gestores municipais de educação. Os secretários de Educação e Administração foram convidados, mas não compareceram.

da Assessoria