Ceclin
jul 31, 2010 0 Comentário


Audiência Pública discute metas para crianças e adolescentes

Foi realizada pelo Fórum das Entidades civil, do município de Pombos, Audiência Pública cujo tema abordou políticas integradas para crianças e adolescentes.

O Fórum de Pombos é um espaço que reúne 14 organizações da sociedade civil, dentre elas ONGs, sindicatos, Oscips, associações e igrejas propondo e monitorando políticas públicas na busca de uma melhor qualidade de vida para as comunidades locais.

Criado em fevereiro de 2009 o Fórum surge como um espaço político estratégico, de troca de experiências e formações continuada, através das rodas de diálogo, campanhas, audiências públicas e participação nos espaços políticos.

Para compor a Mesa de Debates foram convidados a prefeita de Pombos Jane Povão (PR), os vereadores Marcos de Porteira (PCdoB), Beto da Ambulância (PR), Murilo Força Jovem (PR), Reginaldo Silva da ONG KNH, Cosmo Antonio representante da Loja Maçônica, Antonia Luiza do Conselho Tutelar, Claudionor do CONDICA e Irmão Biu – Presidente da Associação de Porteira I.

Os trabalhos foram conduzidos por Zilda Machado do Fórum de Pombos que após a abertura convidou para a tribuna Reginaldo Silva que compartilhou com todos suas experiências com o Fórum Estadual de Apoio a Criança e ao Adolescente.

Segundo Reginaldo, é necessário que se crie políticas públicas para a criança e adolescentes, pois é mais fácil prevenir e educar que punir atos infracionais, também foi destacado por ele a necessidade da participação dos jovens e adolescentes nos fóruns e elaboração de políticas públicas por serem atos dirigidos ao bem estar dos mesmos.

Outro fato destacado por Silva foi a necessidade das entidades públicas municipais trabalharem em conjunto para ter um aproveitamento melhor nas campanhas de ajuda e proteção as crianças e adolescentes.

Durante a socialização das tarefas do Fórum foi contextualizado situação atual da infância e adolescência em Pombos, sendo discutidos os riscos que passam com o tráfico desenfreado de drogas, prostituição infantil e exploração de mão de obra de menores de 15 anos.

Durante os trabalhos foram discutidos o Estatuto da Criança e Adolescente onde foram ponderados alguns capítulos.

Para o vereador Marcos de Porteira o estatuto precisa de mudanças já que tem décadas de criação, exemplificando o fato de jovens que cometem crimes hediondos e são julgados por Ato Infracional deixando a sensação de impunidade para a sociedade, bem como os jovens infratores deixam a certeza de que podem fazer o que quiser, pois não terão punição a altura de seus delitos. Opinião que foi compartilhada com Cosmo Antonio representante da Loja Maçônica no município.

A prefeita do município Jane Povão disse estar consciente dos perigos que cercam a juventude e adolescentes do município e defende uma política de prevenção com a criação de campanhas educativas para os pais e responsáveis. Também citou a necessidade de modernizar as leis dos Conselhos que tratam de criança e adolescente em Pombos, incluindo novas entidades e retirando algumas que não estão totalmente voltadas para a defesa da causa.

O vereador Beto da Ambulância também destacou a importância das atualizações dos Conselhos e citou a importância de parcerias com Policia Militar e Policia Rodoviária Federal para que junto com os conselhos fiscalize bares e postos de combustíveis, as margens das rodovias, coibindo a prostituição infantil e uso de bebidas alcoólicas por adolescentes.

No final do evento foram marcadas reuniões entre os Conselhos, gestão pública e entidades envolvidas para discutir e viabilizar recursos para que se realize um trabalho eficiente.

Por Orlando Leite.