• Ceclin
dez 31, 2016 0 Comentário


Atletas de Vitória e região estiveram na Corrida de São Silvestre

Corrida S Silvestre 2016

Africanos mantêm hegemonia na São Silvestre e vencem provas feminina e masculina

Atletas africanos mantiveram a hegemonia na 92ª  São Silvestre e foram maioria no pódio da corrida de rua mais tradicional do País. O etíope Leul Gebresiale Aleme ficou em primeiro lugar, com 44 minutos e 53 segundos, seguido do compatriota Dawit Fikadu Admasu, apontado com um dos favoritos. Na terceira posição, ficou o queniano Stephen Kospel. A corrida começou neste sábado (31), pontualmente, às 8h20 com o grupo de cadeirantes. Às 8h40, foi dada largada do pelotão feminino, e às 9h, do masculino e dos atletas amadores, reunindo um total de 30 mil inscritos.

David Simões representou Vitória. Foto: Arquivo AVV

David Simões representou Vitória. Foto: Arquivo AVV

O brasileiro Giovani dos Santos, que era a grande esperança do Brasil na prova, chegou em quarto lugar. Em quinto lugar, chegou o queniano William Kibor, que venceu a Meia Maratona de Las Vegas este ano.

Sem surpresas, a grande vencedora na prova feminina foi a queniana Jemima Sumgong, campeã olímpica da maratona nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. No meio do percurso, a atleta conseguiu abrir distância das demais competidoras e foi ganhando cada vez mais vantagem, terminando a corrida com tempo de 48 minutos e 35 segundos.

E entre tantos participantes, a cidade de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata pernambucana, também se fez representar na competição. Coube ao dirigente da Associação dos Corredores de Vitória David Simões, pelo qual organiza competições esportivas na cidade; além dele outro vitoriense também se fez presente – a veterana Graciete, de 69 anos, bem como 02 atletas de Limoeiro, mais 25 atletas do Recife, 02 de São Lourenço da Mata, 02 de Feira Nova,  04 de Carpina, 02 de Camaragibe,  01 de Chã Grande (o Agente Comunitário de Saúde – Sílvio André),  02 atletas de Escada,  02 do Cabo de Santo Agostinho,  01 de Lagoa de Itaenga, e mais 03 de Caruaru. Os atletas viajaram no início da semana em uma caravana apoiada pela Prefeitura do Recife. Num ônibus, eles enfrentaram a distância até a capital paulista.