Ceclin
abr 15, 2013 0 Comentário


“As cobranças continuam”, afirma o SINTEPE

Em Assembleia Geral, realizada na semana passada, os trabalhadores em educação da rede estadual de ensino avaliaram a proposta do Governo do Estado para a categoria. A proposta, inicialmente apresentada, havia sido rejeitada na assembleia de março. Com as negociações, o Governo concordou em fazer alterações, o que tornou possível a aceitação da proposta, por parte de Professores e funcionários. A proposta acatada pela categoria, vem aqui apresentada:

correção do piso salarial em 7,97% a partir do mês de maio, retroativo a janeiro de 2013.

pagamento do retroativo em quatro vezes (até 10 de maio a diferença de janeiro, no salário de maio a diferença de fevereiro e nos salários de junho e julho, respectivamente, os retroativos referentes a março e a abril).

implantação de pagamentos em atraso, no montante limite de R$ 5 milhões, no período de agosto a dezembro de 2013.

reunião, em 1º de outubro de 2013, para tratar de elevação da diferença entre a tabela salarial do professor com formação em nível médio e do professor com graduação, que hoje é de 5%.

Após o fechamento do primeiro quadrimestre de 2013, iniciar discussão sobre o pessoal do quadro técnico-administrativo, inclusive sobre a ‘trava do 207′ relacionada aos funcionários administrativos.

Mesmo com as negociações encaminhadas, o SINTEPE vai continuar cobrando ao Governo do Estado mais atenção para com a educação. Os problemas que atingem a Escola Santa Sofia, em Camaragibe, são exemplos concretos de situações vivenciadas em muitas outras escolas da rede estadual de ensino. Na Escola Santa Sofia, segundo denúncias publicadas na imprensa esta semana, a unidade apresenta-se quente, com salas de aula cheias de alunos, com água de esgoto se misturando a água de chuva, com biblioteca funcionando como sala de aula, com falta d’água, com falta de material básico para o trabalho docente e com constantes faltas de energia.

AGENDA

18/04 – Assembleia Assepe/Sassepe, às 9h, no Sintepe – Recife.

Pauta: Informes, assistência do Sassepe no interior (Rede própria e credenciada), situação financeira do SASSEPE, 0800 (marcação de consulta para até 30 dias), reforma no HSE, entre outros.

Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco – SINTEPE

www.sintepe.org.br