Ceclin
set 04, 2014 0 Comentário


Armando compara sua trajetória à de Paulo Câmara

Em resposta ao candidato Paulo Câmara (PSB), que questionou o currículo de Armando Monteiro no setor público, o petebista apresentou sua trajetória política e sua experiência como gestor privado, durante o segundo bloco do debate da Rádio Jornal, em Caruaru, nesta quinta-feira (4).

“Esclareço que líder público não é propriedade privada. Você fez carreira, mas nunca experimentou a liderança. Você não tem perfil para liderar. A candidata apoiada por ele, Marina Silva, diz que desconfia dos candidatos gerentes. Precisamos de governante, com visão estratégica e que saiba monitorar o processo criticamente”, respondeu Armando.

O petebista lembrou sua experiência no Sistema S. “Enquanto presidente do Sistema S, administrei mais de R$ 15 bilhões, e fui eleito e reeleito nessas entidades. Foi assim também na CNI, e tive toda minha vida pública marcada pela via da eleição, com votações crescentes. Inclusive, com apoio do seu partido, o PSB. Eu tive mais de 3 milhões de votos dos pernambucanos para cumprir um papel no Senado. Minha história e trajetória não foram feitas de maneira superficial. O que nosso Estado precisa é de liderança, com sentido de direção”, disparou Armando Monteiro.

“Você foi escolhido de forma unipessoal. Não foi você que reuniu esse tanto de partidos na sua campanha, foi Eduardo. Se você acha que o setor privado é suficiente para julgar alguém, você não tem experiência nesse aspecto. A atividade empresarial é de risco, ou ganha ou perde. Mas quero lembrar que a dignidade da minha família foi lembrada quando o doutor Arraes convocou o apoio do meu pai para disputar o senado, pela Frente Popular, em 1994”, finalizou Armando Monteiro.

com informações da Assessoria.